RSS

Arquivo da tag: aparecem

Lyoto Machida e ‘Cigano’ aparecem em imagens do novo game do UFC

Lyoto Machida (Foto: Divulgação/EA Sports)Brasileiro Lyoto Machida foi confirmado em novo game do UFC (Foto: Divulgação/EA Sports)

Os lutadores Lyoto Machida e Junior “Cigano” dos Santos aparecem em novas imagens do game “EA Sports UFC”, que chega no 1º semestre de 2014 para PlayStation 4 e Xbox One. Johny Hendricks, novo campeão da categoria dos meio médios da organização de MMA (artes marciais mistas), também teve seu retrato virtual divulgado.

A Electronic Arts assumiu a produção dos games do UFC após três títulos lançados pelas empresas THQ e Yuka. Desenvolvido pela mesma equipe da série de boxe “Fight Night”,  “EA Sports UFC” usa o motor gráfico “Ignite” e promete lutas mais intensas e dinâmicas, um novo sistema de física de golpes e a deformação em tempo real do corpo dos lutadores, como o salto de uma veia ou a flexão de um músculo.

Além dos brasileiros e de Hendricks, a EA Sports confirmou ainda os lutadores Carlos Condit (meio médio) e Francis Carmont (médio). Dos mais de 100 atletas prometidos para o game, a produtora já divulgou imagens de 35, como José Aldo, Rodrigo “Minotauro” Nogueira e Jon Jones.

Junior 'Cigano' dos Santos (Foto: Divulgação/EA Sports)Versão virtual de ‘Cigano’ também aponta para o centro do octógono antes das lutas (Foto: Divulgação/EA Sports)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Produtos do Submarino e Americanas.com não aparecem mais no Buscapé

A B2W, detentora das marcas, retirou mais de 400 mil produtos do buscador. Empresa afirmou não participar da política de compras realizadas diretamente pelo site de comparação de preços

A companhia de varejo eletrônico B2W – responsável pelas marcas Submarino, Americanas.com e Shoptime, decidiu retirar dos comparadores de preço Buscapé e Bondfaro (que pertencem à mesma empresa) seus mais de 400 mil produtos. A medida é uma reação contra a nova política de compras rápidas do Buscapé.

O site de comparação de preços anunciou no final de janeiro um novo recurso, o “Comprar agora”, que permite aos usuários finalizar as compras diretamente pela página do serviço – e não somente pesquisar pelo melhor preço. A ideia, segundo a empresa, é facilitar a transação entre fornecedor e consumidor, sem que o usuário precise mudar de site para comprar o que deseja. Outro objetivo é diminuir o índice de abandono da compra.

“A B2W não decidiu em momento algum participar de nenhum projeto com o Buscapé, que envolvesse a captura e retenção de dados de seus clientes. O que ocorreu foi o descumprimento do contrato atual por parte do Buscapé, incluindo as marcas da B2W à revelia no novo formato de conclusão de compra do site”, disse a empresa, em comunicado.

O CEO e cofundador do Buscapé, Romero Rodrigues, afirmou que o serviço retém os dados do usuário mesmo se a compra não for finalizada – exatamente o ponto que a B2W não aprovou. “Para garantir a privacidade e segurança dos dados cadastrais de seus clientes, a B2W retirou os seus mais de 400 mil produtos do buscador. Desde a sua criação, a B2W é a única responsável por todo o processo de compra dos clientes, não conferindo a ninguém o acesso a esses dados”, diz o texto.

Em testes realizados pelo IDG Now!, Buscapé e Bondfaro já não apresentam mais produtos das marcas mantidas pela B2W.

Procurado por nossa reportagem, o Buscapé disse que não irá se pronunciar a respeito.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Produtos do Submarino e Americanas.com não aparecem mais no Buscapé

A B2W, detentora das marcas, retirou mais de 400 mil produtos do buscador. Empresa afirmou não participar da política de compras realizadas diretamente pelo site de comparação de preços

A companhia de varejo eletrônico B2W – responsável pelas marcas Submarino, Americanas.com e Shoptime, decidiu retirar dos comparadores de preço Buscapé e Bondfaro (que pertencem à mesma empresa) seus mais de 400 mil produtos. A medida é uma reação contra a nova política de compras rápidas do Buscapé.

O site de comparação de preços anunciou no final de janeiro um novo recurso, o “Comprar agora”, que permite aos usuários finalizar as compras diretamente pela página do serviço – e não somente pesquisar pelo melhor preço. A ideia, segundo a empresa, é facilitar a transação entre fornecedor e consumidor, sem que o usuário precise mudar de site para comprar o que deseja. Outro objetivo é diminuir o índice de abandono da compra.

“A B2W não decidiu em momento algum participar de nenhum projeto com o Buscapé, que envolvesse a captura e retenção de dados de seus clientes. O que ocorreu foi o descumprimento do contrato atual por parte do Buscapé, incluindo as marcas da B2W à revelia no novo formato de conclusão de compra do site”, disse a empresa, em comunicado.

O CEO e cofundador do Buscapé, Romero Rodrigues, afirmou que o serviço retém os dados do usuário mesmo se a compra não for finalizada – exatamente o ponto que a B2W não aprovou. “Para garantir a privacidade e segurança dos dados cadastrais de seus clientes, a B2W retirou os seus mais de 400 mil produtos do buscador. Desde a sua criação, a B2W é a única responsável por todo o processo de compra dos clientes, não conferindo a ninguém o acesso a esses dados”, diz o texto.

Em testes realizados pelo IDG Now!, Buscapé e Bondfaro já não apresentam mais produtos das marcas mantidas pela B2W.

Procurado por nossa reportagem, o Buscapé disse que não irá se pronunciar a respeito.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de maio de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,