RSS

Arquivo da tag: anncio

Mulher é presa após publicar anúncio buscando sexo com cavalo nos EUA

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Donald Waelde foi presa após publicar anúncio procurando oportunidade para fazer sexo com cavalo (Foto: Divulgação/Maricopa County Sheriff's Office)Donald Waelde foi presa após publicar anúncio
buscando fazer sexo com cavalo  nos EUA
(Foto: Divulgação/Maricopa County Sheriff’s Office)

Uma transgênero de 22 anos foi presa em Phoenix, no Arizona, após postar um anúncio em um site nos EUA em busca da oportunidade de realizar atos sexuais com um cavalo.

“Tenho 22 anos e quero me relacionar com um cavalo macho, simples assim. Farei algo em retorno” escreveu a usuária, que tem o nome de registro Donald Waelde.

Assim que o anúncio foi postado no site “Craigslist”, um usuário que ficou chocado com a proposta entrou em contato com a polícia do condado de Maricopa, que iniciou uma investigação sigilosa sobre Waelde, de acordo com o jornal “Phoenix New Times”.

Um policial disfarçado entrou contato com a mulher e conseguiu a declaração de que as intenções eram verdadeiras, e que Donald queria fazer sexo oral em um cavalo. O oficial realizou um encontro com a americana e, ao levar um cavalo, realizou a prisão em flagrante por bestialidade.

A polícia informou também que Waelde já havia sido presa outras três vezes por fazer sexo com animais, mas todas as anteriores envolviam cães.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

‘Sem anúncio, jogo e artifício’, app WhatsApp chega a 430 mi de usuários

Jan Koum, presidente-executivo do WhatsApp, afirma durante conferência em Munique, na Alemanha, que o aplicativo chegou a 430 milhões de usuários. (Foto: Divulgação/DLL)Jan Koum, presidente-executivo do WhatsApp, afirma durante conferência em Munique, na Alemanha, que o aplicativo chegou a 430 milhões de usuários. (Foto: Divulgação/DLL)

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp chegou a 430 milhões de usuários, afirmou o presidente-executivo da empresa que administra o app, Jan Koum, nesta segunda-feira (20). O executivo participou da conferência Digital-Life-Desing (DLD) em Munique, na Alemanha.

Colocados em perspectiva, os dados divulgados explicitam o ritmo de adesão de novos membros ao WhatsApp. Em 19 de dezembro, o aplicativo havia chegado aos 400 milhões de membros.

A fórmula do sucesso, disse Koum, é continuar sem exibir publicidade, evitar artifícios games ou fotos que desaparecem (caso do Snapchat), e não manter como único modelo de negócio a estratégia de o serviço ser pago. O uso do app, cujo download é gratuito, custa US$ 0,99 após o primeiro ano.

“Nós queremos apenas nos focar nas mensagens. Se as pessoas querem jogar games, há uma grande quantidade de outros sites, e também grandes companhias desenvolvendo serviços em torno de anúncios”, disse Koum.

Segundo o CEO, o lema do WhatsApp é: “Sem publicidade, sem jogos, sem artifícios”. A frase foi escrita em um post-it pelo cofundador do app, Brian Acton. Koum mantém o papelzinho consigo até hoje em sua mesa para lembra-lo de suas prioridades.

A companhia emprega 50 pessoas, das quais 25 são engenheiros e outros 20 são profissionais que dão suporte em várias línguas aos consumidores. Apesar de pequena, a empresa desenvolveu um aplicativo que processa 50 bilhões de mensagens enviadas e recebidas diariamente.

Segundo Koum, o fato de ele ter nascido na Ucrânia sob a influência da União Soviética exerceu influência sobre o modelo de negócio. E também moldou a política de não aderir aos anúncios e a estratégia de se tornar um meio de comunicação barato e confiável, o que depende de como a empresa lida com a privacidade de seus usuários.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Aérea japonesa se desculpa por anúncio com ‘racismo contra brancos’

Trecho do comercial em que japonês aparece 'fantasiado' de branco (Foto: Reprodução/Twitter/ANAGlobalICH)Trecho do comercial em que japonês aparece ‘fantasiado’ de branco (Foto: Reprodução/Twitter/ANAGlobalICH)Na imagem menor, o mesmo ator sem o 'disfarce de ocidental' (Foto: Reprodução/Twitter/ANAGlobalICH)Na imagem menor, o mesmo ator
sem o ‘disfarce de ocidental’
(Foto: Reprodução/Twitter/ANAGlobalICH)

A companhia aérea All Nippon Airways (ANA) disse nesta segunda-feira (20) que modificará um de seus comerciais de TV e pediu desculpas a consumidores que reclamaram que ele usava estereótipos racistas (assista aqui ao vídeo). A empresa disse que não pretendia ofender ninguém.

A nova propaganda foi ao ar pela primeira vez no último sábado. Seu objetivo era promover o aumento de voos internacionais da empresa no Aeroporto de Haneda, em Tóquio, a partir de março. No filme de 30 segundos, dois homens japoneses com uniforme da ANA discutem em inglês como poderiam potencializar a imagem da companhia como transportadora internacional.

Então, um deles diz: “Vamos mudar a imagem do povo japonês”. E ou outro responde “claro”, e aparece com uma peruca loira e um nariz falso. No Japão, os ocidentais brancos são tidos muitas vezes como pessoas com narizes grandes, olhos azuis e cabelos loiros – características que até são consideradas desejáveis no país.

Usuários de redes sociais criticaram o comercial.  “Se você é estrangeiro e planeja vir ao Japão, não escolha uma empresa abertamente racista como a ANA”, reclamava um usuário do Twitter.

O porta-voz da aérea Ryosei Nomura disse que o intuito da propaganda era destacar a importância de expansão dos serviços da empresa em Haneda, além de chamar os japoneses a viajarem pelo mundo.

“Mas recebemos opiniões diferentes da mensagem que queríamos levar. Vamos modificar parte do comercial e vamos lançar a nova versão em breve”, informou. O filme foi exibido entre sábado e segunda-feira, mas agora está fora do ar.

Anteriormente, uma outra porta-voz da ANA disse que consumidores, em sua maioria estrangeiros, ligaram para a empresa para reclamar do filme. “Pedimos desculpas a cada um dos clientes por termos causado sentimentos desconfortáveis e também agradecemos por terem trazido o assunto à tona”, disse essa representante à agência AFP.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Facebook aposentará em abril tipo de anúncio que liga perfis a marcas

O Facebook deixará de exibir em 9 de abril os anúncios conhecidos como “Histórias Patrocinadas”. O polêmico tipo de publicidade que utiliza os perfis dos usuários para endossar empresas aos amigos deles na rede social foi o responsável pela companhia ser condenada a pagar US$ 20 milhões para encerrar uma ação na Justiça dos Estados Unidos no ano passado.

O anúncio da aposentadoria da modalidade de propaganda foi feito pela companhia no fórum voltado a desenvolvedores para a plataforma. Lançada em 2011, as “Histórias Patrocinadas” chegaram a ser citadas pelo Facebook como crucial para que conseguissem reverter a desconfiança do mercado na capacidade da empresa de gerar receita com publicidade a partir de dispositivos móveis.

Funciona assim: todas as vezes que um usuário “curte” a página de uma marca ou de um serviço, está sujeito, caso não altere sua política de privacidade, a protagonizar uma das “Histórias Patrocinadas”. O anúncio sobre a marca ou serviço “curtidos” é exibido aos contatos desse usuário na rede.

A associação entre pessoas comuns e marcas feita por essa peça publicitária não foi bem aceita entre usuários do site, que sentiam que suas interações por meio do Facebook eram usadas para promover, sem a devida autorização, ações comerciais de empresas.

Em agosto de 2013, o Facebook fechou um acordo na Justiça dos Estados Unidos para se livrar de uma das reclamações motivadas por esse desconforto. Concordou em pagar US$ 20 milhões para encerrar uma ação judicial movida por cinco usuários em 2011. Dados do processo indicam que a rede social faturou com as “Histórias Patrocinadas” US$ 234 milhões entre janeiro de 2011 e agosto de 2012.

Logo após a decisão judicial, a rede social modificou sua política de uso de dados pessoais. Na época, a empresa informou que a mudança visava “explicar que os anunciantes também podem alcançar pessoas no Facebook usando as informações que eles já têm sobre você (como endereços de e-mail ou se você já visitou os sites deles anteriormente)”.

Na prática, o Facebook preparou o terreno para continuar associando informações pessoais a marcas.

“Contextos sociais –histórias sobre as ações sociais que seus amigos executaram, como “curtir” uma página ou fazer “check-in” em restaurantes—agora são elegíveis para aparecer perto de todos os anúncios mostrados aos seus contatos no Facebook”, informou a companhia nesta quinta-feira (9).

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Anúncio em site de vídeos ‘Dailymotion’ leva para praga digital

Programa fraudulento instalado pelo redirecionamento em propaganda do "Dailymotion". (Foto: Reprodução/Invincea)Programa fraudulento instalado pelo redirecionamento em propaganda do “Dailymotion”. (Foto: Reprodução/Invincea)

Um anúncio publicitário veiculada no site de compartilhamento de vídeos “Dailymotion” levou internautas para uma página contendo um alerta falso que tentava convencer a baixar um programa malicioso.

O redirecionamento, que ocorria nesta terça-feira (7), foi descoberto pela empresa de segurança Invincea.

O “Dailymotion” tem uma das 100 maiores audiências da web –está na 95ª posição no ranking da Alexa, com mais de 17 milhões de visitantes.

O anúncio “malicioso”, porém, foi veiculado por uma agência de publicidade terceirizada. O mesmo problema ocorreu com sites europeus do Yahoo! durante o fim de semana.

De acordo com a Invincea, que publicou um vídeo do ataque, caso o usuário baixe o arquivo oferecido, um antivírus chamado de “Windows Accelerator Pro” será instalado (Veja vídeo aqui).

O software detectará problemas inexistentes no computador até que a vítima decida adquirir uma licença de uso para “saná-los”, gerando receita para os golpistas. O “Dailymotion” foi comunicado sobre o problema pela Invincea.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Anúncio chocante sobre excesso de velocidade

CARA…

SÉRIO…

Prepare-se pra ficar o dia todo pensando nesse vídeo:

Genial. Inclusive preciso de um tempo pra repensar…

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Jovem publica anúncio em site atrás de homem misterioso que urinou nela

Jovem publica anúncio em site atrás de homem misterioso que urinou nela (Foto: Ilustração/Arte G1)Jovem publica anúncio em site atrás de homem
misterioso que urinou nela (Ilustração: Arte G1)

Uma mulher de Bloomington, no estado de Indiana (EUA), publicou um anúncio no site de classificados Craigslist na tentativa de localizar um homem que urinou nela após eles se beijarem antes da festa de Ano Novo, segundo o jornal “Metro”.

No post publicado no site Craigslist, a mulher 25 anos lembrou que o homem acidentalmente urinou nela antes de sumir. Apesar do incidente bizarro, a jovem disse que deseja encontrar o misterioso amante.

“Depois de um minuto, senti algo quente e percebi que você se mijou”, escreveu a jovem.

Após incidente, ela o empurou. Envergonhado, ele teria fugido.  “Eu queria que você tivesse ficado. Você urinou em mim, mas está tudo bem. Só quero saber quem você é”, afirmou ela.

A jovem destacou que eles haviam conversado sobre os desejos para 2014.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,