RSS

Arquivo da tag: Amdocs

Amdocs quer acelerar ingresso das teles em dispositivos conectados

AppId is over the quota
Empresa traz ao Brasil soluções que ajudam na ampliação de novas fontes de receitas e rentabilidade. Centro de Operações em São Carlos está em andamento.

02 de fevereiro de 2012 – 17h08

Vencer o mundo conectado é a proposta da provedora de software para o setor de telecom Amdocs às operadoras por meio de dois lançamentos no mercado nacional: M2M e Connected Home. Com faturamento global de 807 milhões de dólares, registrados no último trimestre de 2011, a empresa obteve incremento de 4,1%, referente ao mesmo período do ano anterior e pretende manter a trajetória de crescimento, balizada também nas novas soluções. Estas, que, segundo a companhia, prometem ajudar as teles a ampliar a geração de novas fontes de receita e a aumentar o faturamento médio por usuário, abrindo portas no emergente mercado de dispositivos conectados.

O Connected Home, baseado na nuvem, que traz o conceito de “casa inteligente”, em que os dispositivos podem estar conectados e integrados a sistemas de suporte comercial e operacional da operadora, já havia sido apresentado pela empresa em maio do ano passado no InTouch – evento organizado pela Amdocs, em Miami.
O objetivo da companhia com o modelo é facilitar e popularizar a automação residencial, proporcionando às operadoras acrescentar a tecnologia a seus portfólios, oferecendo planos que possibilitem a customização de pacotes, de acordo com a necessidade de cada usuário.

Nelson Wang, vice-presidente da Amdocs Brasil, acredita que o grande desafio das operadoras é atender à demanda galopante de um mundo conectado e os lançamentos irão contribuir para minimizá-lo. Apesar de a solução já estar disponível no Brasil, Wang diz que as negociações com duas importantes operadoras estão em fase de finalização e por isso prevê que o usuário final somente possa desfrutar das facilidades inovadoras por aqui a partir do segundo semestre deste ano.

Os executivos não puderam revelar os nomes das teles, em razão da fase de assinatura de contratos. Contudo, no ano passado, durante o InTouch, em Miami, Edson Paiva, diretor de Vendas para a América Latina da Amdocs, confirmou à reportagem da Computerworld Brasil que “das duas, uma: a própria Telefônica ou a Embratel”, que não confirmaram a informação.

Mas o pulo do gato da solução da Amdocs apontado por Paiva é que ela integra todas as verticais de mercado e caso seja necessário pode oferecer a infraestrutura de cloud por meio de dois data centers próprios nos EUA.
A solução M2M, outra aposta, é pré-configurada e, segundo a Amdocs, é voltada para as operadoras apoiarem empresas parceiras que ofereçam aplicativos M2M, como carros conectados, eReaders, medidores inteligentes de serviços públicos e caixas eletrônicos (ATM).

Neste ano, em que comemora 30 anos de atuação, 15 deles também no Brasil, a Amdocs anuncia que está construindo um Centro de Operações em São Carlos. A previsão é que fique pronto em um ano. A empresa não divulgou detalhes da iniciativa, mas diz ser o segundo centro da empresa na América Latina. O primeiro está localizado também em São Paulo, contudo, não realiza gerenciamento de operações, contando para isso com suporte global. O centro de São Carlos vai suprir essa particularidade, contudo não eliminará o suporte global.

“Escolhemos São Carlos para abrigar o novo centro, em razão de ser uma região que oferece alto nível de qualidade de vida e também por abrigar universidades de ponta, favorecendo o recrutamento de profissionais qualificados”, diz Wang. “Em breve daremos notícias”, promete.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de fevereiro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Amdocs quer acelerar ingresso das teles em dispositivos conectados

AppId is over the quota
Empresa traz ao Brasil soluções que ajudam na ampliação de novas fontes de receitas e rentabilidade. Centro de Operações em São Carlos está em andamento.

02 de fevereiro de 2012 – 17h08

Vencer o mundo conectado é a proposta da provedora de software para o setor de telecom Amdocs às operadoras por meio de dois lançamentos no mercado nacional: M2M e Connected Home. Com faturamento global de 807 milhões de dólares, registrados no último trimestre de 2011, a empresa obteve incremento de 4,1%, referente ao mesmo período do ano anterior e pretende manter a trajetória de crescimento, balizada também nas novas soluções. Estas, que, segundo a companhia, prometem ajudar as teles a ampliar a geração de novas fontes de receita e a aumentar o faturamento médio por usuário, abrindo portas no emergente mercado de dispositivos conectados.

O Connected Home, baseado na nuvem, que traz o conceito de “casa inteligente”, em que os dispositivos podem estar conectados e integrados a sistemas de suporte comercial e operacional da operadora, já havia sido apresentado pela empresa em maio do ano passado no InTouch – evento organizado pela Amdocs, em Miami.
O objetivo da companhia com o modelo é facilitar e popularizar a automação residencial, proporcionando às operadoras acrescentar a tecnologia a seus portfólios, oferecendo planos que possibilitem a customização de pacotes, de acordo com a necessidade de cada usuário.

Nelson Wang, vice-presidente da Amdocs Brasil, acredita que o grande desafio das operadoras é atender à demanda galopante de um mundo conectado e os lançamentos irão contribuir para minimizá-lo. Apesar de a solução já estar disponível no Brasil, Wang diz que as negociações com duas importantes operadoras estão em fase de finalização e por isso prevê que o usuário final somente possa desfrutar das facilidades inovadoras por aqui a partir do segundo semestre deste ano.

Os executivos não puderam revelar os nomes das teles, em razão da fase de assinatura de contratos. Contudo, no ano passado, durante o InTouch, em Miami, Edson Paiva, diretor de Vendas para a América Latina da Amdocs, confirmou à reportagem da Computerworld Brasil que “das duas, uma: a própria Telefônica ou a Embratel”, que não confirmaram a informação.

Mas o pulo do gato da solução da Amdocs apontado por Paiva é que ela integra todas as verticais de mercado e caso seja necessário pode oferecer a infraestrutura de cloud por meio de dois data centers próprios nos EUA.
A solução M2M, outra aposta, é pré-configurada e, segundo a Amdocs, é voltada para as operadoras apoiarem empresas parceiras que ofereçam aplicativos M2M, como carros conectados, eReaders, medidores inteligentes de serviços públicos  e caixas eletrônicos (ATM).

Neste ano, em que comemora 30 anos de atuação, 15 deles também no Brasil, a Amdocs anuncia que está construindo um Centro de Operações em São Carlos. A previsão é que fique pronto em um ano. A empresa não divulgou detalhes da iniciativa, mas diz ser o segundo centro da empresa na América Latina. O primeiro está localizado também em São Paulo, contudo, não realiza gerenciamento de operações, contando para isso com suporte global. O centro de São Carlos vai suprir essa particularidade, contudo não eliminará o suporte global.

“Escolhemos São Carlos para abrigar o novo centro, em razão de ser uma região que oferece alto nível de qualidade de vida e também por abrigar universidades de ponta, favorecendo o recrutamento de profissionais qualificados”, diz Wang. “Em breve daremos notícias”, promete.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de fevereiro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,