RSS

Arquivo da tag: AlQaeda

Iêmen prende dois cidadãos franceses que integrariam a Al-Qaeda

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Forças de segurança do Iêmen informaram nesta sexta-feira (9) que prenderam dois homens com cidadania francesa, mas de origem tunisiana, que seriam membros de uma célula do grupo radical islâmico Al-Qaeda. A informação foi divulgada pela agência Reuters.

Os homens foram presos na quinta-feira (8) quando os dois tentavam sair do país em aeroportos. Eles foram identificados como Mourad Abad e Taha Abdulla al-Issawi. De acordo com autoridades do Iêmen, eles pertenceriam à célula terrorista na província de Hadramout, no leste do país. A embaixada francesa no país não comentou o assunto.

Suposto líder foi morto
Ainda nesta sexta, o governo local divulgou que Shayef Mohamed Said al Shabwani, suspeito de estar envolvido em atentados e sequestros de estrangeiros e que seria um chefe da Al-Qaeda, foi morto em um confronto noturno com as forças de segurança em Sanaa.

Em um comunicado publicado pela agência oficial Saba, um porta-voz do Alto Comitê informou que o homem era “um dos membros da Al-Qaeda mais perigosos e mais procurados, e um dos chefes da rede (…) envolvido no sequestro e assassinato de policiais e cidadãos estrangeiros”.

O ministério do Interior advertiu na segunda-feira sobre o risco de uma intensificação das operações da Al-Qaeda na Península Arábica, após as baixas que sofreu no sul do país, onde o exército retomou na quinta-feira um importante reduto da rede em Azzan, na província de Shabwa.

“Estas enormes perdas levarão a Al-Qaeda a cometer atos histéricos e desesperados, mobilizando seus partidários e suas células para atacar os oficiais da polícia e do exército”, segundo o ministério do Interior.

O braço iemenita da Al-Qaeda, considerado o mais perigoso da rede pelos Estados Unidos, está fortemente implantado no sul e no sudeste do país.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Perigoso membro da Al-Qaeda é morto no Iêmen

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Um chefe da Al-Qaeda no Iêmen, Shayef Mohamed Said al Shabwani, suspeito de estar envolvido em atentados e sequestros de estrangeiros, foi morto em um confronto noturno com as forças de segurança em Sanaa, anunciou nesta sexta-feira o Alto Comitê de Segurança iemenita.

Em um comunicado publicado pela agência oficial Saba, um porta-voz do Alto Comitê informou que o homem era “um dos membros da Al-Qaeda mais perigosos e mais procurados, e um dos chefes da rede (…) envolvido no sequestro e assassinato de policiais e cidadãos estrangeiros”.

Perseguido pelas forças de segurança que tentavam detê-lo na rua 45, perto do palácio presidencial, Shayef Mohamed Said al Shabwani abriu fogo contra seus perseguidores, que responderam “matando-o e matando um de seus acompanhantes”, acrescentou o porta-voz.

Outras três pessoas que estavam no carro com Shabwani foram detidas, declarou à AFP uma fonte policial, informando que duas delas ficaram feridas no tiroteio.

O ministério do Interior advertiu na segunda-feira sobre o risco de uma intensificação das operações da Al-Qaeda na Península Arábica, após as baixas que sofreu no sul do país, onde o exército retomou na quinta-feira um importante reduto da rede em Azzan, na província de Shabwa.

“Estas enormes perdas levarão a Al-Qaeda a cometer atos histéricos e desesperados, mobilizando seus partidários e suas células para atacar os oficiais da polícia e do exército”, segundo o ministério do Interior.

O braço iemenita da Al-Qaeda, considerado o mais perigoso da rede pelos Estados Unidos, está fortemente implantado no sul e no sudeste do país.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Outros cinco rebeldes da Al-Qaeda são mortos pelo Exército no Iêmen

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Tropas do Iêmen vigiam os arredores da base de Raida, na província de Shabwa (Foto: AFP Photo/STR)Tropas do Iêmen vigiam os arredores da base de Raida, na província de Shabwa (Foto: AFP Photo/STR)

Cinco supostos membros da Al-Qaeda morreram nesta sexta-feira (2) em um ataque do exército iemenita contra suas posições no sul do país, informou a agência oficial de notícias Saba, citando uma fonte militar.

O ataque, realizado com o apoio de aviões de combate na região de Maifaa, na província de Chabwa, também deixou “dezenas de feridos” entre os combatentes da Al-Qaeda, acrescentou a agência.

De acordo com a Saba, o Exército destruiu três veículos dos rebeldes. Um deles tinha um lança-foguetes aéreo.

Esse ataque é parte de uma ofensiva do Exército para tirar combatentes da Al-Qaeda de seus esconderijos, em especial em Chabwa e na província vizinha de Abyane, onde a rede está bem implantada.

A nova ofensiva eleva para 51 o número de mortos na operação militar iniciada na última terça-feira: 24 soldados e 27 combatentes da Al-Qaeda.

Brasileiros
Nesta semana, o presidente do Iêmen, Abd-Rabbuh Mansur Hadi, afirmou que brasileiros foram mortos pelo Exército junto a outros integrantes da rede terrorista Al-Qaeda. De acordo com o presidente, também há mortos de outras nacionalidades, como holandeses, franceses e alemães.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil afirmou que tomou conhecimento do caso agora e que está averiguando as informações da presidência do Iêmen.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Confronto no Iêmen mata soldados e integrantes da Al-Qaeda

Dezoito soldados iemenitas e doze supostos integrantes da Al-Qaeda foram mortos nesta terça-feira (29) durante um confronto na província de Shabwa (sul), onde o exército lançou uma grande operação contra a rede extremista, indicaram fontes militares.

Combatentes da Al-Qaeda, que sofreram uma emboscada perto da cidade de Azzan, atacaram um comboio militar, dando início ao confronto, informou uma fonte militar.

Os insurgentes capturaram um veículo de transporte de tropas e os 15 soldados que estavam a bordo.

Os insurgentes extremistas, armados com lança-granadas e armas automáticas, também destruíram três veículos do exército e o confronto resultou em “quatro soldados mortos e outros seis feridos” e na morte de cinco extremistas, segundo a mesma fonte.

E outros três soldados morreram e sete ficaram feridos em uma outra emboscada, armada pela Al-Qaeda contra um comboio de sete veículos militares perto de Lahmar, uma localidade da província de Abyan, segundo uma autoridade.

O exército iemenita, apoiado por membros de milícias locais, lançou uma ofensiva terrestre na madrugada desta terça em uma tentativa de expulsar os combatentes da Al-Qaeda de seus redutos nas províncias de Abyan e Shabwa.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

EUA atacam a Somália para atingir suspeito de ser ligado à Al-Qaeda

O Exército dos Estados Unidos realizou um ataque com mísseis na Somália neste domingo (26), segundo um oficial militar americano falou à agência de notícias Reuters sob condição de anonimato. O alvo era um líder militante suspeito de ter ligações com a Al-Qaeda e a Al-Shabab.     

De acordo com o oficial, o ataque ocorreu no sul da Somália. O militar não repassou mais informações para a agência sobre a empreitada, incluindo a identidade do suspeito ou se o ataque foi bem sucedido.

A Al-Shabab é um grupo militante islâmico que age na Somália e que tem ligações com a Al-Qaeda. O grupo promove ataques contra o Quênia desde 2011, quando tropas quenianas entraram no sul da Somália para combater os militantes.

Em setembro do ano passado, a Al-Shabab assumiu a autoria de um ataque que deixou dezenas de mortos em um shopping em Nairóbi, capital do Quênia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Grupo libanês ligado à Al-Qaeda ameaça ataques contra Israel e Irã

Um grupo libanês ligado à Al-Qaeda prometeu nesta terça-feira (14) multiplicar seus ataques contra o Irã, o Hezbollah e Israel, menos de duas semanas após a morte na prisão de seu líder Maged al-Maged.

Nascido em 1973 na Arábia Saudita, Maged foi nomeado em 2012 como o “emir” das Brigadas Abdullah Azzam, que reivindicaram um ataque contra a embaixada iraniana em Beirute, que deixou 25 mortos em novembro.

Após ter anunciado a sua prisão em 1º de janeiro, as autoridades libanesas comunicaram sua morte durante sua prisão em 4 de janeiro, atribuída à insuficiência renal.

Seu corpo foi repatriado para a Arábia Saudita.

“O projeto vai continuar, se Deus quiser, atingindo o Irã, o seu partido (Hezbollah) e os agressores judeus (Israel) e defendendo em todos os lugares os sunitas oprimidos”, anunciou o grupo jihadista em um comunicado divulgado na internet.

O comunicado também acusa o Líbano de “detenção arbitrária” de islamitas e os serviços de inteligência militar de serem controlados pelo “partido do Irã”, referindo-se ao Hezbollah xiita libanês.

Além disso, o Irã “manipula todas as instituições do Estado libanês para proteger os seus interesses e os dos seus aliados na Síria”, denunciou referindo-se ao regime do presidente Bashar al-Assad, ao lado do qual o Hezbollah combate na Síria.

As Brigadas Abdullah Azzam são um grupo jihadista criado em 2009 e que figura na lista de “organizações terroristas” dos Estados Unidos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,

Braço da Al-Qaeda na Síria executa dezenas de rivais, dizem ativistas

O Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), ligado à rede terrorista da Al-Qaeda, executou dezenas de rivais islamitas durante os últimos dois dias, conforme recuperava o controle sobre a maior parte do território que havia perdido na província de Raqqa, no norte da Síria, disseram ativistas no domingo (12).

Um dos ativistas, falando a partir da província na condição de anonimato, disse que até 100 combatentes da Frente Nusra, outra afiliada da Al-Qaeda, e da brigada Ahrar al-Sham, capturados pelo EIIL na cidade de Tel Abiad, na fronteira com a Turquia, foram mortos a tiros.

Não houve confirmação independente sobre o relato.

arte cronologia síria 31/12/2013 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,