RSS

Arquivo da tag: Aleppo

Ataque aéreo do regime sírio sobre Aleppo deixa ao menos 33 mortos

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Crianças com ferimentos choram após bombas serem atiradas em Aleppo, na Síria (Foto: REUTERS/Jalal Al-Mamo)Crianças com ferimentos choram após bombas serem atiradas em Aleppo, na Síria (Foto: REUTERS/Jalal Al-Mamo)

Ao menos 33 pessoas morreram nesta quinta-feira (1º) em um ataque aéreo realizado por forças do regime sírio de Bashar al-Assad sobre zonas controladas pelos rebeldes em Aleppo, no norte da Síria, anunciou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O ataque, que atingiu um movimentado mercado no bairro de Halak, também deixou muitos feridos, indicou o OSDH, organização com sede em Londres que se baseia em uma ampla rede de fontes civis, militares e médicas.

“Um caça sírio disparou um míssil no bairro (de Halak) e, poucos minutos depois, disparou outro”, relatou o chefe do Observatório, Rami Abdel Rahman, referindo-se ao ataque desta quinta.

O Centro de Informação de Aleppo, dirigido por ativistas locais, declarou que “dois edifícios residenciais foram destruídos, e várias lojas, incendiadas”.

Segundo a agência Reuters, o ataque aconteceu um dia depois de outro bombardeio ter atingido uma escola na cidade e matado ao menos 18 pessoas, sendo que a maioria era de crianças.

Apesar da continuidade da Guerra Civil, as autoridades sírias se preparam para eleição presidencial de junho, que conta com a candidatura do presidente Bashar al-Assad, que quer estender sua permanência no poder.

Aleppo é dividida entre as forças do governo e rebeldes que querem derrubar Assad do poder. A luta destruiu grande parte do centro comercial da cidade. Por meses, as tropas que lutam do lado do governo lançam explosivos pelo ar. Mais de 150 mil pessoas morreram nos três anos de conflito.

Socorristas ajudam no resgate de vítima de bombardeio em bairro de Aleppo, na Síria. Segundo ONG, ataque foi feito por militares pró-Assad (Foto: Khaled Khatib/Aleppo Media Centre/ AFP)Socorristas ajudam no resgate de vítima de bombardeio em bairro de Aleppo, na Síria. Segundo ONG, ataque foi feito por militares pró-Assad (Foto: Khaled Khatib/Aleppo Media Centre/ AFP)Mulher síria corre por rua de Aleppo após ataque feito por tropas pró-Assad, nesta quinta-feira (Foto: Khaled Khatib/Aleppo Media Centre/ AFP)Mulher síria corre por rua de Aleppo após ataque feito por tropas pró-Assad, nesta quinta-feira (Foto: Khaled Khatib/Aleppo Media Centre/ AFP)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Ataques aéreos matam crianças em bairro de Aleppo

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Ao menos 18 pessoas, incluindo 10 crianças, morreram nesta quarta-feira em ataques da aviação do regime sírio contra uma escola em um bairro rebelde de Aleppo (norte), indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Pelo menos um professor está entre os mortos durante os ataques contra a escola de Ain Jalout, no bairro de Ansari, segundo a ONG.

Dois ataques ocorreram em intervalos de 10 minutos, explicaram militantes baseados em Aleppo.

Esses ativistas enviaram à AFP pela internet um vídeo mostrando uma fila de corpos de crianças em sacos cinzas, alguns dos quais cheios de sangue.

A Força Aérea síria lançou uma ofensiva em 15 de dezembro contra os setores rebeldes da ex-capital econômica da Síria, dividida entre bairros prós e anti-regime e sua província.

Estes bombardeios, realizados regularmente por helicópteros com barris explosivos, mataram centenas de pessoas desde meados de dezembro.

A ONG internacional Human Rights Watch acusou na terça-feira o regime de realizar “indiscriminadamente” esses bombardeios, que atingem regularmente civis.

arte síria versão 15.04 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Rebeldes sírios tomam colina estratégica a oeste de Aleppo

Os rebeldes sírios tomaram neste sábado (22) uma colina estratégica a oeste de Aleppo, enquanto os combates entre as tropas governamentais e os insurgentes se estendiam à província de Latakia (noroeste), segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Após um ataque que durou várias horas, os rebeldes conseguiram conquistar o monte Chwayhne, no oeste de Aleppo, informou o OSDH. Pelo menos 21 membros das forças leais ao regime sírio e 18 rebeldes morreram nos combates.

Esta vitória fragiliza o quartel governamental de Zahra, no noroeste da cidade, onde fica a sede dos temidos serviços de inteligência das forças aéreas, que os rebeldes tentam tomar há meses, segundo a Comissão Geral da Revolução Síria (CGRS).

Ao mesmo tempo, os combates entre as forças governamentais e os rebeldes se estendiam para a província de Latakia, afirmou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Três grupos islamitas – Frente al Nosra, Sham al Islam e Ansar al Sham – lançaram na terça-feira uma campanha denominada “Anfal’ nesta província até agora relativamente à margem dos combates.

Esta província, de maioria alauita, corrente religiosa do presidente sírio Bashar al Assad, é considerada um dos bastiões do regime.

arte síria versão 18.02 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Fotógrafo canadense morre em Aleppo, no norte da Síria

O fotógrafo canadense Ali Moustafa morreu na cidade de Aleppo, norte da Síria, informaram ativistas nesta segunda-feira (10). Segundo uma fonte do conselho provincial de Aleppo, o jovem freelancer, que vendia as fotos às agências SIPA e EPA, morreu no domingo (9).

O centro de imprensa de Aleppo, ligado à oposição, também anunciou a morte.

“Quatro membros da defesa civil (da oposição) em Aleppo e 10 civis morreram. Outros dezenas ficaram feridos quando helicópteros lançaram barris de explosivos sobre Haydariye, um bairro da zona leste de Aleppo, na manhã de domingo”, afirma o centro de imprensa.

“O jornalista canadense morreu quando fazia fotos do massacre”, completa a nota.

O ministério das Relações Exteriores canadense afirmou que estava a par das informações sobre a morte de um de seus cidadãos na Síria. A irmã do fotógrafo, Justina Rosa Botelho, confirmou sua morte no Facebook.

“Espero que o mundo compreenda que meu irmão era um anjo. Estava mais preocupado com os outros do que com ele mesmo”, escreveu.

Ali Moustafa trabalhava periodicamente na Síria desde o início de 2013, e também em Israel, nos territórios palestinos, Egito e Brasil. Em uma entrevista concedida ano passado, explicou que decidiu cobrir os acontecimentos na Síria, o país mais perigoso para os jornalistas, porque “não podia ignorar esta tragédia humana”.

“O povo sírio se sente abandonado pelo mundo. Pede nossa solidariedade”, disse.

Segundo a ONG Repórteres Sem Fronteiras, antes da morte de Ali Moustafa pelo menos 27 jornalistas morreram no país e dezenas foram detidos ou sequestrados. O conflito provocou quase 140.000 mortes desde março de 2011, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Arte entenda Síria 31/08 (Foto: Editoria de Arte / G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Ataques aéreos do regime à cidade síria de Aleppo matam 85

Imagem do coletivo jornalístico Aleppo Media Center mostra um dos locais do ataque do regime à cidade, neste sábado (1º) (Foto: AP)Imagem do coletivo jornalístico Aleppo Media Center mostra um dos locais do ataque do regime à cidade, neste sábado (1º) (Foto: AP)

Pelo menos 85 pessoas morreram no sábado (1º) em Aleppo, a principal cidade do norte da Síria, quando helicópteros das forças do regime sírio lançaram barris de explosivos, anunciou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

‘Pelo menos 85 pessoas morreram, incluindo 65 civis – entre eles 10 crianças -, 10 jihadistas da Frente Al-Nosra e 10 pessoas não identificadas, nos ataques com barris de explosivos contra o leste de Aleppo’, afirmou um comunicado do OSDH.

Segundo a ONG, 34 pessoas morreram, incluindo seis crianças e duas mulheres em Tariq al-Bab e outras 22, entre elas cinco mulheres e seis crianças, em Salhin, Ansari e Marjeh. Nove pessoas faleceram em outros bairros e os 10 combatentes da Al-Nosra, o braço da Al-Qaeda na Síria, em Shaar. Outros 10 corpos não foram identificados.

Os ataques aconteceram um dia depois do fim das negociações de paz, que não deram resultados, em Genebra entre o regime e a oposição.

Paralelamente, o exército iniciou uma ofensiva para entrar nos bairros rebeldes da zona leste da cidade. O ministro sírio da Defesa, o general Fahd Jasem al-Freikh, viajou na sexta-feira para a localidade.

arte síria versão 24.01 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,