RSS

Arquivo da tag: alegria

Tanque cheio de alegria

AppId is over the quota
AppId is over the quota

tanque

AI CARA QUE DE-LI-SI-A EU POSSO IR ATÉ PRAS EUROPA!

Legal que tá tão cheio que até no porta-luvas tem gasolina…

Fonte: ahnegao.com.br

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Filho de Jair Rodrigues lamenta morte do pai: ‘Alegria de um anjo’

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Jair Oliveira, filho de Jair Rodrigues, lamentou a morte do pai nesta quinta-feira (8), em mensagem divulgada no Facebook. “Um amor gigantesco!! Tive a honra de conviver e aprender com a alegria de um anjo!!! Estamos todos muito emocionados e tentando entender este momento e agradecemos todo o carinho prestado. E muito obrigado, meu pai, por toda sua luz! Descanse em paz”, escreveu o filho, que também é músico. Quando criança, Jair Oliveira, também conhecido como Jairzinho, fez parte do grupo Balão Mágico.

Filho de Jair Oliveira lamenta morte do pai nesta quinta-feira (8) (Foto: Reprodução / Facebook)Filho de Jair Oliveira lamenta morte do pai nesta
quinta-feira (8) (Foto: Reprodução / Facebook)

Filha do cantor Jair Rodrigues, a cantora e compositora Luciana Mello também postou mensagem em seu perfil no Facebook sobre a morte do artista nesta quinta-feira. “Quero agradecer, de coração, o imenso carinho que estamos recebendo! Em breve falaremos com todos. Só pedimos que respeitem nossa privacidade nesse momento tão difícil e sofrido… Muito obrigada!!”, escreveu ela na rede social.

Jair Rodrigues morreu aos 75 anos, em sua casa em Cotia (SP), de infarto agudo do miocárdio. Além de Jairzinho, era pai também da cantora Luciana Mello.

Começo nos anos 60
Jair Rodrigues de Oliveira nasceu em Igarapava (SP), em 6 de fevereiro de 1939. Começou sua carreira nos anos 1960, em programas de calouros. Três anos antes, foi crooner em casas no interior de São Paulo. Em 1962, gravou aquele que é considerado seu registro de estreia, um disco de 78 rotações. Segundo o perfil, duas das músicas, “Brasil sensacional” e “Marechal da vitória”, tinham como tema a Copa do Mundo daquele ano, no Chile, que foi vencida pela seleção brasileira.

Em 1964, gravou seus dois primeiros LPs, “Vou de samba com você” e “O samba como ele é”. Seu maior sucesso no período foi a música “Deixa isso pra lá”, tida como precursora do rap no Brasil. Marcada pelo movimento característico das mãos de Jair Rodrigues, a faixa foi regravada em 1999 em parceria com o grupo Camorra, diz o perfil.

Jair Rodrigues e Luciana Melo (Foto: Divulgação)Jair Rodrigues e Luciana Mello (Foto: Divulgação)

Jair Rodrigues também ficou conhecido pelo trabalho ao lado de Elis Regina. Os dois iniciaram a colaboração em 1965 e lançaram o disco ao vivo “Dois na bossa”. A boa repercussão do LP rendeu o convite para apresentar o programa O Fino da Bossa, que estreou em maio daquele ano na TV Record. Com Elis, o cantor lançou em 1966 e 1967 outros dois volumes da série “Dois na bossa”.

A vitória no II Festival de Música Popular Brasileira, em 1966, foi outro ponto marcante da carreira de Jair Rodrigues. Ele concorreu com “Disparada”, escrita por Geraldo Vandré e Teo de Barros). Na final, dividiu o primeiro lugar com “A banda”, composição de Chico Buarque interpretada na ocasião por Nara Leão.

Em 1975, nasceu Jair Oliveira, o Jairzinho. Foi estrela do grupo infantil Balão Mágico e depois passou a cantar MPB. Quatro anos depois, nasceu Luciano Mello. Influenciada pelo pai e pelo irmão, também seguiu a carreira musical.

Jair Rodrigues seguia em turnê para divulgar seu disco mais recente, “Samba mesmo”, que teve dois volumes lançados em março deste ano. Ele tinha apresentações marcadas para os próximos dias em Florianópolis e Contagem (MG).

O cantor Jair Rodrigues ao lado dos filhos Jair Oliveira e irmã Luciana Mello em show em 2014 (Foto: Natascha Goldmann/Futura Press)O cantor Jair Rodrigues ao lado dos filhos Jair Oliveira e Luciana Mello em show em 2014 (Foto: Natascha Goldmann/Futura Press)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , ,

Filho de Jair Rodrigues lamenta morte do pai: ‘Alegria de um anjo’

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Jair Oliveira, filho de Jair Rodrigues, lamentou a morte do pai nesta quinta-feira (8), em mensagem divulgada no Facebook. “Um amor gigantesco!! Tive a honra de conviver e aprender com a alegria de um anjo!!! Estamos todos muito emocionados e tentando entender este momento e agradecemos todo o carinho prestado. E muito obrigado, meu pai, por toda sua luz! Descanse em paz”, escreveu o filho, que também é músico. Quando criança, Jair Oliveira, também conhecido como Jairzinho, fez parte do grupo Balão Mágico.

Filho de Jair Oliveira lamenta morte do pai nesta quinta-feira (8) (Foto: Reprodução / Facebook)Filho de Jair Oliveira lamenta morte do pai nesta
quinta-feira (8) (Foto: Reprodução / Facebook)

Filha do cantor Jair Rodrigues, a cantora e compositora Luciana Mello também postou mensagem em seu perfil no Facebook sobre a morte do artista nesta quinta-feira. “Quero agradecer, de coração, o imenso carinho que estamos recebendo! Em breve falaremos com todos. Só pedimos que respeitem nossa privacidade nesse momento tão difícil e sofrido… Muito obrigada!!”, escreveu ela na rede social.

Jair Rodrigues morreu aos 75 anos, em sua casa em Cotia (SP), de infarto agudo do miocárdio. Além de Jairzinho, era pai também da cantora Luciana Mello.

Começo nos anos 60
Jair Rodrigues de Oliveira nasceu em Igarapava (SP), em 6 de fevereiro de 1939. Começou sua carreira nos anos 1960, em programas de calouros. Três anos antes, foi crooner em casas no interior de São Paulo. Em 1962, gravou aquele que é considerado seu registro de estreia, um disco de 78 rotações. Segundo o perfil, duas das músicas, “Brasil sensacional” e “Marechal da vitória”, tinham como tema a Copa do Mundo daquele ano, no Chile, que foi vencida pela seleção brasileira.

Em 1964, gravou seus dois primeiros LPs, “Vou de samba com você” e “O samba como ele é”. Seu maior sucesso no período foi a música “Deixa isso pra lá”, tida como precursora do rap no Brasil. Marcada pelo movimento característico das mãos de Jair Rodrigues, a faixa foi regravada em 1999 em parceria com o grupo Camorra, diz o perfil.

Jair Rodrigues e Luciana Melo (Foto: Divulgação)Jair Rodrigues e Luciana Mello (Foto: Divulgação)

Jair Rodrigues também ficou conhecido pelo trabalho ao lado de Elis Regina. Os dois iniciaram a colaboração em 1965 e lançaram o disco ao vivo “Dois na bossa”. A boa repercussão do LP rendeu o convite para apresentar o programa O Fino da Bossa, que estreou em maio daquele ano na TV Record. Com Elis, o cantor lançou em 1966 e 1967 outros dois volumes da série “Dois na bossa”.

A vitória no II Festival de Música Popular Brasileira, em 1966, foi outro ponto marcante da carreira de Jair Rodrigues. Ele concorreu com “Disparada”, escrita por Geraldo Vandré e Teo de Barros). Na final, dividiu o primeiro lugar com “A banda”, composição de Chico Buarque interpretada na ocasião por Nara Leão.

Em 1975, nasceu Jair Oliveira, o Jairzinho. Foi estrela do grupo infantil Balão Mágico e depois passou a cantar MPB. Quatro anos depois, nasceu Luciano Mello. Influenciada pelo pai e pelo irmão, também seguiu a carreira musical.

Jair Rodrigues seguia em turnê para divulgar seu disco mais recente, “Samba mesmo”, que teve dois volumes lançados em março deste ano. Ele tinha apresentações marcadas para os próximos dias em Florianópolis e Contagem (MG).

O cantor Jair Rodrigues ao lado dos filhos Jair Oliveira e irmã Luciana Mello em show em 2014 (Foto: Natascha Goldmann/Futura Press)O cantor Jair Rodrigues ao lado dos filhos Jair Oliveira e Luciana Mello em show em 2014 (Foto: Natascha Goldmann/Futura Press)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , ,

Demi Lovato faz a alegria de mães e filhas em show em São Paulo

A cantora americana Demi Lovato durante show na noite de terça-feira (22) no Citybank Hall, na zona sul da capital paulista (Foto: Adriana Spaca/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)A cantora americana Demi Lovato durante show na noite de terça-feira (22) no Citybank Hall, na zona sul da capital paulista (Foto: Adriana Spaca/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)

Previsivelmente, considerando a média de idade de seus fãs, era imensa a parcela de pais e (principalmente) mães na plateia da primeira noite da “Neon Lights Tour”, de Demi Lovato, no Brasil. Mas os adultos que foram ao Citibank Hall, em São Paulo, na terça (22), não pareciam exatamente estar ali apenas para cumprirem o papel de pais zelosos. Pelo contrário, era nítido que a maioria se divertia tanto quanto os próprios filhos. Todos os ingressos foram vendidos e a casa de show tem capacidade para 7.500 pessoas.

Ao longo do show, era possível ver mulheres bem crescidinhas – e alguns homens também – cantarolando letras de hits como “Remember December” e “Let it go” (da trilha do filme “Frozen” e, sem dúvida, a mais celebrada da noite) ou pulando animadamente. Além disso, o discurso de superação e as letras positivas da cantora certamente ajudam a conquistar. Afinal, qual mãe não aprovaria ver suas crianças de dez ou doze anos cantando coisas do tipo “I’m stronger than I’ve ever been” (em “Warrior”)?

E Demi realmente parece levar a sério a missão de ser uma boa influência. Na metade do show, ela faz uma pausa para falar de sua história, de como enfrentou distúrbios alimentares e “abuso de substâncias”, diz que sabe que algumas pessoas ali podem viver situações parecidas, mas encerra dizendo que tudo, por mais difícil que pareça, pode ser superado. “Cada uma de vocês é linda e merece ser amada”, conclui, nesse momento provavelmente ganhando até o perdão das mães por ter mandado um “I don’t give a fuck” na frente das crianças.

Ainda durante essa pausa, a cantora se aproxima das fãs que estão na primeira fila e pega um cartaz que diz #staystrongmilena. Interessada em saber do que se trata, ela ouve e explica ao resto do público que Milena é uma fã que está hospitalizada. Além de pedir a todos que rezem por ela, Demi ainda abraça uma foto da menina o tempo todo enquanto canta “Warrior”. Ao final da música, milhares de pessoas que nunca haviam ouvido falar em Milena antes gritam seu nome em coro.

Demi Lovato se apresenta em SP (Foto: Divulgação/Camila Cara/T4F)Demi Lovato se apresenta em São Paulo
(Foto: Divulgação/Camila Cara/T4F)

Mas não é só o bom mocismo de Demi Lovato que agrada seu público, qualquer que seja a faixa etária. Ao vivo, o forte apelo pop de seu repertório dá espaço também para claras influências de um rock bem alto e até pesado, com direito, inclusive, a solos de guitarra – lembrando que a própria cantora já disse ser fã de heavy metal. Em músicas como “Two pieces” e, principalmente, “Got dynamite”, na qual toca guitarra, ela claramente ensina garotinhas a bater cabeça.

Além disso, mostra que canta de verdade, especialmente em baladas como “Catch me”, em que toca violão, e “Nightingale”. Nesses momentos é possível perceber que, embora conte com duas backing vocals com timbres bem semelhantes ao seu e jogue a responsabilidade para elas em diversos momentos, espertamente poupando a voz em versos inteiros de músicas mais agitadas, Demi é capaz sim de se garantir sozinha quando precisa. 

“Sei que eu não deveria dizer esse tipo de coisa, mas vocês são um dos meus países favoritos no mundo”, diz a artista em certo momento, lembrando que esteve aqui pela primeira vez com apenas 17 anos, em 2009 (ela voltou ainda em 2010 e duas vezes em 2012). Mais tarde, volta a se declarar: “ninguém me apoia do jeito que meus fãs brasileiros apoiam”. Levando em consideração os gritos ensurdecedores e a visível comoção de seu jovem público, parece difícil alguém superar mesmo.

A “Neon Lights Tour” inclui ainda mais dois shows em São Paulo, também no Citibank Hall, nos dias 24 e 25. Na sequência serão duas apresentações no Citibank Hall do Rio de Janeiro, em 27 e 28 de abril, uma no Espaço Brasília, em Brasília, no dia 30 de abril, e outra no Chevrolet Hall, em Belo Horizonte, em 1 de maio. A turnê brasileira será encerrada em Porto Alegre, no Pepsi on Stage, no dia 3 de maio.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , ,