RSS

Arquivo da tag: agrada

Chegada da Amazon ao Brasil agrada a 84% dos consumidores online

Constatação é de estudo da eCRM123 que comprova que a gigante do comércio eletrônico, que se prepara para estrear no País, já é conhecida por grande parte dos brasileiros que consomem via internet.

22 de novembro de 2012 – 12h22

A contagem regressiva da Amazon para estrear no mercado brasileiro atiçou os consumidores online. Uma pesquisa realizada pela eCRM123, empresa especializada em CRM Social, sobre compras via e-commerce no Natal de 2012, revela que 62% dos participantes consideram “ótima” a ideia de a varejista norte-americana operar no País.

O varejista online está em processo de estruturação de seu negócio no Brasil e a data de lançamento do serviço de e-commerce é mantida em segredo. Mas uma rápida pesquisa pelo LinkedIn e o site da companhia nos Estados Unidos é possível acompanhar o ritmo das contratações de profissionais para a operação local de varejo online. O executivo que vai comandar a filial já foi contratado.

O estudo da eCRM123, que mostra que consumidores aprovam a chegada da maior varejista online do mundo, abordou aproximadamente 130 pessoas entre de 5 de outubro e 1º de novembro. A pesquisa foi realizada online e os resultados são preliminares.

Entre os entrevistados, 22% avaliam como “boa” a iniciativa de a Amazon operar no Brasil; 11% não têm opinião formada e 5% se mostraram indiferentes. Não houve rejeição à chegada da varejista no País entre os participantes.

De acordo com José Jarbas, CEO da eCRM123 e idealizador da pesquisa, a decisão de analisar o comércio e varejo eletrônicos surgiu por acreditar que este é o segmento que tem mais condições de aperfeiçoar o relacionamento das empresas com os consumidores.

“O comércio virtual no Brasil ainda necessita de ferramentas de CRM Social e marketing que consigam oferecer a mesma qualidade propiciada por empresas fora do país”, explica.

Sobre a Amazon, a pesquisa destaca ainda que 53% dos participantes afirmam conhecer o site da empresa. Também apareceram outros nomes já conhecidos dos brasileiros: Americanas.com, Submarino, Mercado Livre e Magazine Luiz foram os mais citados, respectivamente.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Aprovação de projeto de Lei de antenas pelo Senado agrada teles

Matéria será encaminhada para Câmara dos Deputados. Medida permite que operadoras compartilhem infraestrutura de telefonia móvel.

13 de dezembro de 2012 – 20h17

O setor de telecomunicações recebeu com entusiasmo a aprovação hoje (13/12), por quatro comissões do Senado Federal, do projeto de Lei das Antenas, que vai trazer facilidades para a implantação de infraestrutura de telefonia móvel, permitindo a expansão dos serviços e a melhoria na cobertura dos sinais. A medida vem num momento em que é crescente a demanda da população brasileira por serviços móveis, especialmente a banda larga no celular.

“A proposta do Senado é importante também para viabilizar a instalação da quarta geração da telefonia móvel (4G), que, pelas características técnicas da faixa de radiofrequência que será usada (2,5 GHz), vai exigir um número de antenas duas a três vezes superior ao de estações rádio base de terceira geração (3G)”, informa nota do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil).

Levantamento da entidade mostra que apenas para as 12 cidades sede da Copa do Mundo serão necessárias 9,5 mil licenças para a instalação de antenas de 4G. Pelo cronograma de instalação, previsto no edital, o serviço de quarta geração deve estar funcionando em abril de 2013 nas cidades sede da Copa das Confederações e em dezembro de 2014 nas cidades-sede do mundial de futebol.

O PL das Antenas, aprovado no Senado, e que ainda será submetido à votação na Câmara dos Deputados, também avança muito ao estabelecer prazo de 60 dias para a emissão de licenças de instalação de antenas. “A aplicação desse período vai acelerar a expansão da infraestrutura, que em muitos municípios pode durar até mais de um ano, devido à burocracia e à limitação prevista em diversas leis municipais restritivas”, informa o SindiTelebrasil.
Ao todo, são mais de 250 diferentes leis no Brasil, impondo dificuldades para o licenciamento de antenas e atrasando a expansão dos serviços.

O compartilhamento de antenas, que também consta do projeto, vem referendar a iniciativa das empresas de uso compartilhado de infraestrutura. Em outubro, as prestadoras de telefonia móvel assinaram um Termo de Compromisso para intensificar o compartilhamento de infraestrutura de 4G, com o objetivo de reduzir o impacto urbanístico e o de proporcionar maior agilidade e sucesso no processo de licenciamento municipal.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,