RSS

Arquivo da tag: admite

E-mail ‘seguro’ do governo terá ‘porta dos fundos’, admite Serpro

Um executivo do Serviço de Processamento de Dados do governo federal (Serpro) admitiu que o sistema de e-mail seguro do governo, chamado de Expresso, terá uma “porta dos fundos” ou “backdoor” – uma “chave mestra” que permitirá ler qualquer mensagem protegida pelo sistema.

“Por lei, pelo Marco Civil da Internet, eu tenho que garantir a auditabilidade desses meios de comunicação. Se eu uso criptografia ponto a ponto, como as boas práticas nos indicam, eu faço com que aquela criptografia seja invisível para qualquer outra pessoa. Se eu não tiver um modelo HSM de chave mestra, ela passa a ser não auditável. Ou seja, eu estou descumprindo questões legais”, afirmou Marcos Melo, coordenador de ações governamentais do Serpro.

A declaração foi feita pelo executivo durante o 12º Fórum de Certificação Digital (CertForum) nesta quarta-feira (28), em resposta a um questionamento feito por Paulo Roque, da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). Há um vídeo do canal do YouTube do site “Convergência Digital” disponível na web (assista) com a pergunta de Roque e a resposta de Melo.

O Marco Civil da Internet não determina especificações para requerimentos de auditoria de conteúdo das comunicações, apenas de registros de acesso, que normalmente não sofrem interferência de criptografia em conteúdo. A lei possui, no entanto, algumas regras específicas para administração pública. Melo não informou qual artigo especificamente do Marco Civil, ou de outra legislação, exige que o sistema do governo tenha a “chave mestra”.

Segundo ele, a chave mestra usará um módulo de segurança em hardware (HSM, na sigla em inglês) que dependerá de autorização de múltiplas pessoas para ser ativado. Só então é possível abrir o e-mail protegido. Isso garantiria a segurança do processo.

Após essa resposta, Roque perguntou a Melo se essa “porta dos fundos” do sistema não poderia ser explorada por organizações com muitos recursos, como a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA). Melo disse que não pode garantir que nenhum sistema é 100% seguro, mas que o projeto do Expresso é aberto e tem sido realizado com a cooperação de diversos especialistas para que o sistema fosse o mais seguro possível. “Tudo que está feito, tudo que está sendo estudado, é para que o sistema seja seguro, inclusive da NSA”, afirmou.

A criptografia mais comum para uso em e-mails, baseada no protocolo PGP, usa o modelo ponto a ponto mencionado por Melo. Nele, somente o destinatário da mensagem é capaz de decifrar o conteúdo da mesma. Gratuita e aberta, a tecnologia foi usada, por exemplo, pelo jornalista Glenn Greenwald para se comunicar com Edward Snowden, que vazou documentos da NSA.

Snowden também usava o provedor de e-mails Lavabit que fazia uso de criptografia ponto a ponto. Para obter acesso às mensagens dos clientes, o governo norte-americano solicitou que fosse criado um mecanismo de porta dos fundos no serviço. O dono da empresa resolveu fechá-la em vez de ceder às solicitações do governo.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Índia admite que Nova Déli está tão poluída quanto Pequim

Fumaça atrapalha a visibilidade dos motoristas (Foto: AP Photo/Altaf Qadri)Fumaça atrapalha a visibilidade dos motoristas em Nova Déli, na Índia (Foto: AP Photo/Altaf Qadri)

A autoridade indiana de controle da qualidade do ar admitiu nesta quinta-feira (8) que a poluição em Nova Déli é comparável à de Pequim, mas negou que seja a capital mais poluída do mundo.

Um estudo sobre 1.600 cidades de 91 países, publicado na quarta-feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revelou que Nova Déli registra a concentração média anual de partículas finas PM 2,5 mais elevada das capitais mundiais, com 153 microgramas por metro cúbico.

Essas partículas extremamente finas, de menos de 2,5 micrômetros, podem entrar na corrente sanguínea e penetrar profundamente nos pulmões. Sua presença aumenta o risco de bronquite crônica, câncer de pulmão e doenças cardíacas.

No começo do ano, as autoridades indianas rechaçaram um estudo americano, segundo o qual a qualidade do ar de Nova Déli seria tão ruim quanto a de Pequim, onde a contaminação desencadeou uma conscientização de saúde pública que contrasta com a apatia indiana.

“Se compararmos as médias nacionais para 2011-2014, então, as duas cidades (Nova Déli e Pequim) são praticamente comparáveis”, admitiu Gufran Beig, encarregado do organismo público System of Air Quality Weather Forecasting and Research (SAFAR), em e-mail enviado à AFP.

Ele negou, no entanto, a medida de 153 microgramas de partículas poluentes por metro cúbico anunciada pela OMS para Nova Déli, e a estimou entre 110 e 120.

Segundo Beig, a taxa de Pequim – de 56 – está subestimada e deveria ser pelo menos o dobro, levando-se em conta números da embaixada americana na capital chinesa.

“A qualidade do ar em Nova Déli é melhor do que a de Pequim no verão e muito melhor durante as monções”, acrescentou, admitindo, porém, que “a contaminação no inverno em Nova Déli alcança picos bastante elevados em comparação com Pequim, devido ao tempo”.

Mesmo com uma taxa 110 e 120 microgramas de partículas poluentes por metro cúbico, Nova Déli estaria entre as cidades mais poluídas do mundo. Karachi, no Paquistão, tem uma taxa de 117, e as cidades indianas de Gwalior, Patna e Raipur alcançam 144, 149 e 134, respectivamente.

Em comparação, Londres tem uma taxa média anual de 16.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Pressionado por eleitores, Hollande admite arrependimentos

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O presidente Francois Hollande e o jornalista Didier Francois, refém na Síria, libertado no sábado (19) (Foto: Thomas Samson/ AFP)O presidente Francois Hollande e o jornalista Didier
Francois, refém na Síria, em 20 de abril (Foto:
Thomas Samson/AFP)

O presidente mais impopular da França em décadas disse nesta terça-feira (6) que se arrepende de algumas coisas e compreende que os eleitores tenham dúvidas em um momento de crise, mas prometeu responder acelerando reformas para pôr o país nos trilhos.

Em uma nova tentativa de se reconectar com os eleitores descontentes, no segundo aniversário de sua eleição, François Hollande, aceitou ser entrevistado ao vivo por uma rádio durante uma hora, durante a qual foi questionado por ouvintes irritados com a elevada taxa de desemprego e os altos impostos no país.

O líder socialista, cuja popularidade caiu para níveis recordes de baixa por causa de impostos mais altos, desemprego galopante e divergências entre ministros, disse no programa transmitido pela rádio RMC e a TV BFM que entende que os eleitores tenham dúvidas quando o tempos são difíceis e pediu que seu julgamento seja feito no final de seu mandato de cinco anos.

“Eu tenho arrependimentos. Eu poderia ter sido mais rápido, poderia ter feito mais para alertar o povo francês sobre a gravidade da situação. Poderia ter reagido mais rapidamente em alguns debates” , disse ele em uma rara demonstração de arrependimento de um presidente ainda cumprindo o mandato.

Hollande quebrou mais um recorde de impopularidade em uma pesquisa da CSA publicada na segunda-feira, que mostrou que apenas um em cada cinco eleitores confia nele –a pontuação mais baixa registrada por um líder francês.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

China admite que uma parte de seu solo está poluído

A poluição do solo da China afeta uma superfície comparável com a do Peru ou Colômbia, anunciou nesta quinta-feira (17) o governo, ao publicar os resultados de uma pesquisa até então mantida em segredo.

Dos 6,3 milhões de quilômetros quadrados estudados – cerca de dois terços da superfície da China -, calcula-se que 16,1% estejam contaminados, o equivalente a uma superfície que ultrapassa um milhão de quilômetros, segundo o ministério da Proteção do Meio Ambiente.

‘A situação do solo no âmbito nacional não é positiva’, admitiu o ministério em seu site, mencionando que as indústrias mineradoras e a agricultura são os principais responsáveis por este problema.

Mais de 80% dos agentes contaminantes detectados no solo é de origem biológica, segundo esta pesquisa realizada durante oito anos, de 2005 a 2013.

O estudo, cuja existência era conhecida há muito tempo, provocou muitos rumores porque as autoridades até o ano passado se negavam a torná-lo público, alegando segredo de Estado.

A deterioração da natureza é motivo de preocupação crescente da população chinesa, cada vez menos disposta a aceitar que o meio ambiente seja sacrificado em nome do crescimento.

Grande parte das águas na China estão média ou gravemente poluídas e os escândalos de contaminação das camadas freáticas são frequentes.

Isso sem mencionar as controvérsias em torno da deterioração da qualidade do ar, que afeta regiões inteiras da segunda economia mundial.

A ONG Greenpeace alertou nos últimos anos, entre outras coisas, sobre os efeitos das cinzas de carvão no país.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Jornalista admite que encomendou grampo de celular do príncipe William

Príncipe William chega para seu primeiro dia de curso na Universidade de Cambridge nesta terça-feira (7) (Foto: Chris Radburn/AFP)Príncipe William chega para seu primeiro dia de
curso na Universidade de Cambridge em janeiro
(Foto: Chris Radburn/AFP)

Clive Goodman, ex-correspondente de realeza do já desaparecido periódico britânico “News of the World”, admitiu nesta terça-feira (18) que pediu a um detetive de grampear os telefones dos príncipes William e Harry, assim como os de seus ajudantes.

Goodman explicou em um tribunal que contratou a título pessoal por 500 libras por semana (600 euros) ao detetive Glenn Mulcaire – que já trabalhava para o jornal – para que interceptasse do móvel de membros da família real do Reino Unido, a fim de obter exclusivas informativas.

Durante a sessão desta terça-feira (18) perante o tribunal penal londrino de Old Bailey, que julga a vários acusados pelo caso das escutas, o júri conseguiu ouvir uma das mensagens obtidas por Mulcaire em 2006, neste caso de William a sua então namorada Kate Middleton.

Na mensagem de voz, encontrada em um microgravador em um apartamento de Goodman, se ouve o príncipe, que então estava na academia militar de Sandhurst, dizer: “Espero sair no máximo às sete”.

E depois: “Minha intenção é definitivamente sair por volta das sete para estar com você às oito no máximo”.

Goodman e Mulcaire já cumpriram pena em 2007 pela intercepção de celulares da família real, no que na época o “News of the World” descreveu como um caso isolado de má prática dentro do periódico.

O ex-setorista da realeza, que foi demitido após ser preso, disse hoje que os grampos de telefones eram feitas “em escala industrial” no jornal e inclusive entre empregados, devido à grande competitividade que existia.

Ele assegurou que seu pacto pessoal com Mulcaire, que também tinha acordos com outros importantes jornalistas do dominical, ia a durar em princípio só alguns meses, desde outubro de 2005, mas continuou até a detenção de ambos em 2006.

Em seu terceiro dia de depoimentos, Goodman deu exemplos de informações que obteve graças à intercepção de telefones, como a que William havia ficado bêbado na cerimônia de graduação da academia militar de seu irmão Harry e que este tinha pedido a seu secretário pessoal que o ajudasse a terminar os deveres de Sandhurst.

Goodman é acusado no julgamento de subornar funcionários, crime que ele nega, e explicou em sessões anteriores que os contatos que tinha da família real lhe foram facilitados em sua maioria por pessoas próximas e inclusive pela princesa Diana, mãe de William e Harry.

Sete pessoas são acusadas no julgamento, entre eles os ex-diretores do “News of the World” Rebekah Brooks e Andy Coulson, acusados de interceptar celulares, subornar cargos públicos e obstruir a justiça, crimes que também negam.

O “News of the World”, um dos tablóides mais rentáveis da história do Reino Unido e de propriedade de Rupert Murdoch, foi fechado em julho de 2011 após a detenção de vários empregados ao ser comprovado o alcance da prática das escutas, que afetou famosos e cidadãos correntes.

Por causa do escândalo, o primeiro-ministro, David Cameron, ordenou uma investigação sobre as práticas da imprensa que levou à aprovação de um novo organismo autorregulador para o setor.

No entanto, os periódicos nacionais rejeitaram a proposta governamental e propuseram um modelo alternativo, ao considerar que o oficial atenta contra a liberdade de expressão.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Parlamentar russo admite presença de forças do país na Crimeia

Um parlamentar russo admitiu nesta quinta-feira (13) a presença de forças do país na Crimeia, mas afirmou que não se trata de uma operação militar real.

“Estão ali algumas unidades militares, que ocupam posições para o caso de uma agressão armada de Kiev”, declarou o presidente da comissão parlamentar para as relações com as ex-repúblicas soviéticas, Leonid Slutski, em uma entrevista à rádio Ekho de Moscou.

Ele não pronunciou em nenhum momento a palavra “russo”, mas fez a declaração ao responder a uma pergunta de uma jornalista se o que acontecia era uma operação das forças russas.

“Não é uma operação de envergadura das Forças Armadas”, afirmou, antes de completar que isto acontecerá em caso de “agressão”.

O presidente Vladimir Putin negou que os homens bem equipados e com uniformes sem identificação, presentes desde o fim de fevereiro na península, fossem militares russos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Em meio à crise, presidente da Ucrânia admite ‘erros’ de autoridades

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, acusou nesta quinta-feira (30) a oposição de “continuar envenenando a situação”, mas reconheceu que as autoridades cometeram “erros” no país, imerso em uma grave crise política.

Segundo ele, a oposição “segue envenenando a situação” por conta das “ambições políticas” de alguns de seus líderes, disse em uma mensagem no site da presidência e dirigida aos cidadãos do país.

Mas, segundo o texto, deve-se “levar em conta os erros que as autoridades sempre cometem”.

Mais cedo Viktor Yanukovitch anunciou que sofre de uma “doença respiratória aguda”.

“O presidente está de baixa por uma doença respiratória aguda acompanhada de febre alta”, informou a assessoria de imprensa da presidência, dois dias depois da renúncia do gabinete de governo.

O movimento de protesto nasceu em resposta à decisão de Yanukovitch de não assinar um acordo de associação com a União Europeia (UE) e de privilegiar uma aproximação com Rússia, que concedeu um crédito de US$ 15 bilhões a Kiev e uma redução do preço do gás.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,