RSS

Arquivo da tag: acusados

Acusados por pirataria de apps para Android declaram-se culpados

Samsung Galaxy S5, novo smartphone top de linha da fabricante sul-coreana. (Foto: Reprodução/Samsung)Grupo pirateou 1 milhão de cópias de apps para 
aparelhos Android, como o Galaxy S5 (acima)
(Foto: Reprodução/Samsung)

Dois acusados de participar de um esquema de pirataria de aplicativos para aparelhos Android declararam-se culpados por violação de direitos autorais nos Estados Unidos. Segundo comunicado divulgado na segunda-feira (24) pelo Departamento de Justiça, essas são as primeiras confissões por distribuição ilegal de aplicativos no país.

De acordo com a Justiça dos EUA, Nicholas Narbone, 26 anos, Thomas Dye, 21, e outros conspiradores se identificavam como Appbucket. Narbone seria o líder do grupo e, entre agosto de 2010 e 2012, ele e seus companheiros reproduziram e distribuíram gratuitamente aplicativos pagos de Android sem permissão.

“Esses homens pisaram nos direitos de propriedade intelectual de terceiros quando eles e outros membros do grupo Appbucket distribuíram mais de 1 milhão de cópias ilegais de apps”, afirmou o procurador David A. O’Neil. A soma de apps pirateados é avaliada em cerca de US$ 700 mil (R$ 1,6 milhão).

Segundo o site Ars Technica, o FBI tirou do ar as lojas virtuais Appbucket e Snappzmarket – outra distribuidora pirata de apps – em agosto de 2012. Ee m janeiro deste ano, quatro suspeitos foram acusados de violação de direitos autorais pela promotoria.

“A violação de direitos autorais desencoraja pessoas inteligentes e inovadoras de usar seus talentos para criar coisas que o resto da sociedade pode desfrutar”, afirmou o advogado Sally Quillian Yates. “Roubo é roubo – seja a propriedade tangível ou intelectual – e nós vamos continuar perseguindo aqueles que roubam material protegido”.

A sentença de Narbone deve sair em 8 de julho, enquanto a de Dye está prevista para 12 de junho.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Todos os 30 ativistas presos na Rússia foram acusados por pirataria

Imagens divulgadas nesta quarta pelo Greenpeace mostram momento em que ativistas são detidos por autoridades russas em 18 de setembro, durante ação realizada no Mar do Norte. As imagens foram feitas com a ajuda de um aparelho celular e o Greenpeace não in (Foto: Divulgação/Greenpeace)Imagens divulgadas nesta quarta pelo Greenpeace mostram momento em que ativistas são detidos por autoridades russas em 18 de setembro, durante ação realizada no Mar do Norte. As imagens foram feitas com a ajuda de um aparelho celular e o Greenpeace não in (Foto: Divulgação/Greenpeace)

Todos os 30 ativistas do Greenpeace presos na Rússia foram acusados formalmente por pirataria, de acordo com a “Reuters”. Nesta quarta-feira (2), 14 membros da organização já haviam recebido a acusação de crime de pirataria marítima, incluindo a brasileira Ana Paula Maciel, 31 anos, detida em setembro durante ação no Mar do Norte, no Ártico.

Os denunciados que receberam a acusação podem cumprir penas de até 15 anos de prisão. A bióloga brasileira e 29 ambientalistas da ONG foram presos em 18 de setembro após uma ação de protesto contra exploração de petróleo no Ártico.

Advogados do Greenpeace entraram com recursos contra a recusa do estabelecimento de fiança para os 30 acusados, mas todos os 30 recursos foram arquivados, segundo a organização.

A embarcação Arctic Sunrise foi interceptada pela guarda costeira russa no mar ao norte do país. Eles ficaram detidos no navio, sendo conduzidos posteriormente a um tribunal de Murmansk. Lá, foram colocados dentro de celas provisórias.

Os ativistas condenados procedem de 19 países: Brasil, Rússia, EUA, Argentina, Reino Unido, Canadá, Itália, Ucrânia, Nova Zelândia, Holanda, Dinamarca, Austrália, República Tcheca, Polônia, Turquia, Dinamarca, Finlândia, Suécia e França.

De acordo com o diretor-executivo da ONG, Kumi Naidoo, a acusação de pirataria está sendo lançada “contra homens e mulheres cujo único crime é a posse da consciência”. “Isso é ultrajante e representa nada menos do que um ataque ao direito fundamental de protesto pacífico”, explicou, complementando que o Greenpeace não se intimidará com a ação.

Bióloga brasileira Ana Paula Maciel aguarda sua audiência no tribunal russo neste domingo (29). (Foto: AFP Photo/Greenpeace/Dmitri Sharomov)Bióloga brasileira Ana Paula Maciel faz parte dos
30 ativistas acusados de pirataria. (Foto: AFP Photo/
Greenpeace/Dmitri Sharomov)

Segundo a “AFP”, na manhã desta quinta-feira (3), os dezesseis outros detidos a bordo do Artic Sunrise foram levados ao Comitê de Investigação de Murmansk. No início da tarde, quatro pessoas, a dinamarquesa Anne Mie Roer Jensen, o neozelandês Jonathan Beauchamp, o fotógrafo russo Denis Siniakov, e um porta-voz russo da ONG, Andre Allakhverdov, foram acusados formalmente, segundo a conta do Twitter do Greenpeace.

A detenção de Siniakov, um fotografo free-lance que trabalhava no momento da operação do Greenpeace, provocou comoção na Rússia. A imprensa russa expressou sua solidariedade com o fotojornalista que já trabalhou para a AFP e a Reuters.

Segundo a ONG, cerca de 800.000 pessoas, mais de 100 ONGs e personalidades como o ator britânico Ewan MacGregor e o cantor russo Iuri Chevtchuk, assinaram um pedido para a libertação dos ativistas.

Itamaraty tenta ajudar
Nesta terça-feira (1º), o Ministério das Relações Exteriores divulgou que o embaixador do Brasil na Rússia, Fernando de Mello Barreto, deve assinar uma “carta de garantia” destinada aos advogados de defesa da brasileira Ana Paula Maciel.

Segundo o Itamaraty, o instrumento fornecido pela diplomacia brasileira atende a um pedido dos advogados de Ana Paula, que tem o intuito de garantir ao governo russo que a a brasileira vai comparecer a todas as audiências solicitadas.

A carta poderá ser utilizada pela defesa para pedir que a ativista responda ao processo em liberdade. De acordo com o Itamaraty, a instrução para a elaboração da carta foi dada pelo ministro brasileiro, Luiz Alberto Figueiredo Machado. Dez advogados, todos da Rússia, trabalham na defesa dos ativistas detidos.

Bandeira do Greenpeace pedindo a liberação dos 30 detidos e que acusa a petroleira Gazprom de poluir o Ártico é vista em 1º de outubro no estádio da Basileia, na Suíça, durante partida da Liga dos Campeões da Europa (Foto: Divulgação/Greenpeace)Bandeira do Greenpeace pedindo a liberação dos 30 detidos e que acusa a petroleira Gazprom de poluir o Ártico é vista em 1º de outubro no estádio da Basileia, na Suíça, durante partida da Liga dos Campeões da Europa (Foto: Divulgação/Greenpeace)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Franceses acusados de tráfico de órgãos são mortos em Madagascar

Dois franceses suspeitos de tráfico de órgãos morreram nesta quinta-feira (3) em um ato de linchamento na ilha turística de Nosy Be , norte de Madagascar.

“Os manifestantes iniciaram uma caça aos ‘vazaha’ (estrangeiros europeus na língua local), que acabou com a morte de dois vazahas”, disse à AFP o vice-comandante da polícia nacional, general Guy Bobin Randriamaro.

“Os dois estrangeiros eram franceses. Confessaram sob tortura que traficavam órgãos”, completou.

De acordo com o comissário de polícia de Nosy Be Hell-Ville, Honoya Tilahizandry, os dois europeus “morreram linchados e queimados na praia de Ambatolaoka”.

Os protestos começaram na quarta-feira após o desaparecimento de um menino de oito anos, que foi encontrado morto com a língua e o órgão sexual mutilados.

Na dispersão do protesto, uma pessoa morreu e duas ficaram feridas.

Oito casas de policiais foram incendiadas.

O consulado da França em Madagascar desaconselhou qualquer deslocamento a Nosy Be.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Todos os 30 ativistas presos na Rússia foram acusados por pirataria

Imagens divulgadas nesta quarta pelo Greenpeace mostram momento em que ativistas são detidos por autoridades russas em 18 de setembro, durante ação realizada no Mar do Norte. As imagens foram feitas com a ajuda de um aparelho celular e o Greenpeace não in (Foto: Divulgação/Greenpeace)Imagens divulgadas nesta quarta pelo Greenpeace mostram momento em que ativistas são detidos por autoridades russas em 18 de setembro, durante ação realizada no Mar do Norte. As imagens foram feitas com a ajuda de um aparelho celular e o Greenpeace não in (Foto: Divulgação/Greenpeace)

Todos os 30 ativistas do Greenpeace presos na Rússia foram acusados formalmente por pirataria, de acordo com a “Reuters”. Nesta quarta-feira (2), 14 membros da organização já haviam recebido a acusação de crime de pirataria marítima, incluindo a brasileira Ana Paula Maciel, 31 anos, detida em setembro durante ação no Mar do Norte, no Ártico.

Os denunciados que receberam a acusação podem cumprir penas de até 15 anos de prisão. A bióloga brasileira e 29 ambientalistas da ONG foram presos em 18 de setembro após uma ação de protesto contra exploração de petróleo no Ártico.

Advogados do Greenpeace entraram com recursos contra a recusa do estabelecimento de fiança para os 30 acusados, mas todos os 30 recursos foram arquivados, segundo a organização.

A embarcação Arctic Sunrise foi interceptada pela guarda costeira russa no mar ao norte do país. Eles ficaram detidos no navio, sendo conduzidos posteriormente a um tribunal de Murmansk. Lá, foram colocados dentro de celas provisórias.

Os ativistas condenados procedem de 19 países: Brasil, Rússia, EUA, Argentina, Reino Unido, Canadá, Itália, Ucrânia, Nova Zelândia, Holanda, Dinamarca, Austrália, República Tcheca, Polônia, Turquia, Dinamarca, Finlândia, Suécia e França.

De acordo com o diretor-executivo da ONG, Kumi Naidoo, a acusação de pirataria está sendo lançada “contra homens e mulheres cujo único crime é a posse da consciência”. “Isso é ultrajante e representa nada menos do que um ataque ao direito fundamental de protesto pacífico”, explicou, complementando que o Greenpeace não se intimidará com a ação.

Bióloga brasileira Ana Paula Maciel aguarda sua audiência no tribunal russo neste domingo (29). (Foto: AFP Photo/Greenpeace/Dmitri Sharomov)Bióloga brasileira Ana Paula Maciel faz parte dos
30 ativistas acusados de pirataria. (Foto: AFP Photo/
Greenpeace/Dmitri Sharomov)

Segundo a “AFP”, na manhã desta quinta-feira (3), os dezesseis outros detidos a bordo do Artic Sunrise foram levados ao Comitê de Investigação de Murmansk. No início da tarde, quatro pessoas, a dinamarquesa Anne Mie Roer Jensen, o neozelandês Jonathan Beauchamp, o fotógrafo russo Denis Siniakov, e um porta-voz russo da ONG, Andre Allakhverdov, foram acusados formalmente, segundo a conta do Twitter do Greenpeace.

A detenção de Siniakov, um fotografo free-lance que trabalhava no momento da operação do Greenpeace, provocou comoção na Rússia. A imprensa russa expressou sua solidariedade com o fotojornalista que já trabalhou para a AFP e a Reuters.

Segundo a ONG, cerca de 800.000 pessoas, mais de 100 ONGs e personalidades como o ator britânico Ewan MacGregor e o cantor russo Iuri Chevtchuk, assinaram um pedido para a libertação dos ativistas.

Itamaraty tenta ajudar
Nesta terça-feira (1º), o Ministério das Relações Exteriores divulgou que o embaixador do Brasil na Rússia, Fernando de Mello Barreto, deve assinar uma “carta de garantia” destinada aos advogados de defesa da brasileira Ana Paula Maciel.

Segundo o Itamaraty, o instrumento fornecido pela diplomacia brasileira atende a um pedido dos advogados de Ana Paula, que tem o intuito de garantir ao governo russo que a a brasileira vai comparecer a todas as audiências solicitadas.

A carta poderá ser utilizada pela defesa para pedir que a ativista responda ao processo em liberdade. De acordo com o Itamaraty, a instrução para a elaboração da carta foi dada pelo ministro brasileiro, Luiz Alberto Figueiredo Machado. Dez advogados, todos da Rússia, trabalham na defesa dos ativistas detidos.

Bandeira do Greenpeace pedindo a liberação dos 30 detidos e que acusa a petroleira Gazprom de poluir o Ártico é vista em 1º de outubro no estádio da Basileia, na Suíça, durante partida da Liga dos Campeões da Europa (Foto: Divulgação/Greenpeace)Bandeira do Greenpeace pedindo a liberação dos 30 detidos e que acusa a petroleira Gazprom de poluir o Ártico é vista em 1º de outubro no estádio da Basileia, na Suíça, durante partida da Liga dos Campeões da Europa (Foto: Divulgação/Greenpeace)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Três sírios são acusados de estupro de jovem em campo de refugiados

Três homens sírios estupraram uma adolescente síria de 14 anos no campo de refugiados de Zatari, na Jordânia, de acordo com um porta-voz do governo.

“A polícia prendeu um homem sírio e está à procura de outros dois homens sírios que estupraram na segunda-feira (23) uma adolescente síria de 14 anos em Zatari’, disse à AFP o chefe do departamento de refugiados sírios, Waddah Hmud.

“Outras investigações estão sendo conduzidas. A adolescente está atualmente no departamento de bem-estar familiar para examinar a sua condição física e psicológica”, completou.

A polícia confirmou o incidente, mas se recusou a dar mais detalhes. Segundo Hmud, o caso “eleva a 10 o número de agressões sexuais na região desde o início deste ano”.

A Jordânia abriga mais de 500 mil refugiados, 120 mil deles em Zatari, localizado na zona norte do país, perto da fronteira com a Síria.

Arte Síria 17/09 (Foto: Arte/G1)Arte Síria 17/09 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Quatro são acusados por tiroteio que feriu 13 em parque em Chicago

Quatro homens acusados por tiroteio em parque de Chicago (Foto: Chicago Police Department/via Reuters)Quatro homens acusados por tiroteio em parque de Chicago (Foto: Chicago Police Department/via Reuters)

Quatro homens foram acusados como responsáveis pelo tiroteio que aconteceu na última quinta-feira (19) em um parque de Chicago, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada nesta terça (24) pela polícia local.

Os disparos deixaram 13 pessoas feridas, entre elas um menino de três anos.

Tabari Young e Bryon Champ, os atiradores, e Brad Jett e Kewane Gatewood, suspeitos de vigiar o local do crime e fornecer as armas, respectivamente, receberam acusações por tentativa de homicídio e lesão corporal grave, sem direito de fiança.

De acordo com superintendente da polícia Garry McCarthy, os dois homens armados foram ao parque sem um alvo definido, apenas porque o local é território de uma gangue rival. O ataque foi em retaliação a uma troca de tiros anterior, em que um deles ficou levemente ferido.

Os promotores dizem que os suspeitos fazem parte de uma gangue chamada Blackstones e que Young já tem diversas passagens pela polícia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Adolescentes são acusados de esfaquear jovem para roubar ‘GTA V’

Três adolescentes de 14, 15 e 17 anos foram acusados de esfaquear na terça-feira (17)  um jovem britânico de 23 anos para roubar o jogo eletrônico “Grand Theft Auto V” que ele havia comprado, anunciou neste sábado a polícia.

Cena de 'GTA V' (Foto: Divulgação/Rockstar)Cena do game ‘GTA V’ (Foto: Divulgação/Rockstar)

O jovem foi agredido de madrugada, pouco antes da 01h20 de terça-feira, quando saía de um supermercado em Colindale (norte de Londres) que abriu à meia-noite para a venda do novo jogo da série ‘GTA’.

Os três adolescentes comparecerão neste sábado perante um juiz de Hendon, no norte de Londres.

A vítima continua hospitalizada, mas seu estado de saúde é estável, disse à AFP a polícia.

“A vítima havia comprado o jogo e estava retornando para casa quando foi atingida com um tijolo. Depois foi esfaqueada e roubada”, disse à AFP um porta-voz da polícia londrina.

Outros três adolescentes, de 15, 17 e 18 anos, foram libertados sob fiança até outubro.

O videogame foi colocado à venda na terça-feira em vários países, e teve um orçamento estimado, segundo boatos, de US$ 270 milhões, o equivalente a algumas gigantescas produções de Hollywood.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,