RSS

Arquivo da tag: Acesso

Síria permitirá mais acesso a ajuda humanitária, diz Unicef

O governo da Síria prometeu maior acesso para os grupos de ajuda que prestam assistência a milhões de sírios, mas é preciso progredir mais rápido para lidar com a grave crise humanitária, disse o chefe do Unicef nesta sexta-feira (14).

O diretor-executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Anthony Lake, disse em um campo de refugiados para sírios na Vale de Bekaa, no Líbano, estar animado pelas conversas “prágmáticas” que teve esta semana com autoridades sírias em Damasco e Homs.

“Disseram que sim, vão oferecer maior acesso e permitir que tragamos uma diversidade maior de suprimentos”, afirmou Lake, acrescentando já ter se tornado mais fácil transportar comida e remédios pelas frentes de batalha que dividem as forças do presidente Bashar al-Assad e os combatentes rebeldes.

“Temos que transformar isso em um progresso contínuo e muito mais rápido, porque o progresso não é equivalente à dimensão da tragédia”, disse ele à Reuters.

Em uma rara demonstração de unidade a respeito da Síria, o Conselho de Segurança da ONU clamou unanimemente por maior socorro humanitário no país, incluindo a exigência de acesso entre fronteiras, o que Damasco vinha rejeitando por ter perdido o controle de algumas regiões fronteiriças.

Lake não deu detalhes, mas funcionários dos grupos de assistência disseram que a Síria ofereceu permitir a travessia de mercadorias de socorro pela passagem turca de Nusaybin, no nordeste sírio, uma região curda que assumiu certo grau de autonomia, mas onde as forças de segurança de Assad continuam presentes.

Talvez intencionalmente, a proposta deve atormentar a Turquia, que hesitaria em abrir a fronteira para uma área síria amplamente controlada por combatentes ligados ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em turco), cuja insurgência luta com a Turquia há três décadas.

Os grupos de assistência disseram que autoridades da ONU na Turquia estão buscando acesso por pelo menos outras duas passagens, incluindo a fronteira de Bab al-Hawa, que poderia dar acesso de socorro humanitário às Províncias de Idlib e Aleppo, dominadas pelos rebeldes.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Autoridades da Crimeia negam acesso de observadores

As autoridades pró-russas da Crimeia negaram acesso para um grupo de cerca de 30 observadores militares não armados da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), informou nesta quinta-feira (06) a porta-voz da OSCE, Tatiana Baeva.

Em declarações à Agência Efe em Viena, onde se encontra a sede da organização, Tatiana relatou que os militares estavam a bordo de dois ônibus, ambos procedentes da cidade ucraniana de Odessa, quando foram impedidos de entrar na Crimeia.

Agora, o grupo de observadores se encontra na cidade de Kherson, ao norte da Crimeia, “onde estudam um plano de ação”.

arte crimeia 05.04 (Foto: Arte/G1)arte crimeia 05.04 (Foto: Arte/G1)

A pedido do novo governo da Ucrânia, um total de 22 países aderidos à OSCE autorizou nesta semana o envio de um total de 41 soldados desarmados para inspecionar a situação na Crimeia.

Entre esses países, se destacam alguns países membros da Otan, como os Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Reino Unido, Itália e Turquia, que ofereceram, cada um, o envio de dois soldados.

O mandato deste contingente fica estabelecido no capítulo 3 do chamado “Documento de Viena”, que permite receber de maneira voluntária visitas “para tratar de atividades militares incomuns”.

Nesta semana, Kiev havia pedido ao restante dos 56 países aderidos à OSCE que enviassem esse pessoal militar ao seu território entre os dias 5 e 12 de março, a começar pela cidade de Odessa.

Essa é a primeira vez que o mecanismo do “Documento de Viena” foi acionado.

Em paralelo, o governo dos EUA e seus aliados estão tentando impulsionar uma ampla missão de observadores, não só no campo militar, mas também para supervisionar a situação dos direitos humanos, das minorias ou da liberdade de imprensa, algo que poderia relaxar a tensão no terreno.

Enquanto o novo governo da Ucrânia pede o envio desses observadores, a Rússia já demonstrou seu ceticismo em relação à utilidade de uma missão na Crimeia.

Para um amplo mandato, com centenas de analistas, a OSCE necessita de uma decisão de consenso entre todos os estados membros, ou seja, também necessita do respaldo da Rússia e seus aliados mais próximos, como Belarus.

A OSCE, um organismo que tem suas origens na Guerra Fria, possui objetivo de prevenir conflitos e fomentar a democracia e o Estado de Direito.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Yahoo irá interromper acesso aos seus serviços via Google e Facebook

22/01 - Ceo do Yahoo, Marissa Mayer participa da abertura do Fórum Econômico Mundial (Foto: AFP)A CEO do Yahoo, Marissa Mayer participa da
abertura do Fórum Econômico Mundial (Foto: AFP)

O Yahoo não vai mais deixar que usuários acessem seus diversos serviços online, incluindo o site de compartilhamento de fotos Flickr, mediante o login com suas credenciais do Facebook ou Google.

A mudança, que será gradualmente implementada de acordo com uma porta-voz do Yahoo, vai exigir que eles tenham uma conta do Yahoo para que utilizem qualquer um dos serviços do portal de Internet.

O movimento marca a mais recente mudança do Yahoo sob o comando da presidente-executiva Marissa Mayer, que está se esforçando para despertar o interesse por novos produtos da empresa e para reviver sua estagnada receita.

“O Yahoo está trabalhando continuamente para melhorar a experiência do usuário”, disse a empresa em um comunicado, ressaltando que o novo processo “vai permitir a oferta da melhor experiência personalizada para todos”.

Ao eliminar as possibilidades de acesso com os perfis do Facebook e Google, Mayer, uma ex-executiva do Google, reverte uma estratégia que o Yahoo adotou em 2010 e 2011, sob a gestão da então CEO Carol Bartz.

A mudança para login no site Tourney Pick’Em, serviço focado em um torneio de basquete universitário e primeiro a requisitar o novo processo, começou na segunda-feira, afirmou a porta-voz do Yahoo, observando que os usuários ainda poderão acessar outros serviços através de seus perfis no Google ou Facebook.

Os botões de login via Facebook e Google acabarão sendo removidos de todos os serviços do Yahoo, acrescentou a porta-voz, sem fornecer um cronograma.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Facebook investirá em drones para ampliar acesso à Internet

O Facebook negocia a compra da Titan Aerospace, um fabricante de veículos aéreos não tripulados (vants, ou drones, como são mais comumente chamados) que serão usados para criar redes de internet em regiões sem acesso à rede, afirma o site especializado no setor tecnológico “TechCrunch”.

Segundo o site, a rede social mais usada no mundo ofereceu US$ 60 milhões pela Titan Aerospace, empresa fundada em 2012, que tem capital fechado.

A compra fará parte dos esforços do Internet.org, iniciativa capitaneada pelo Facebook para incluir na vida digital os bilhões de pessoas ao redor do mundo que não têm acesso à web.

Os drones da Titan funcionam com energia solar, que pode ser armazenada para manter seus sistemas autônomos voando a 20 km de altitude por cinco anos.

De acordo com o “TechCrunch”, esses drones conseguem cumprir a maioria das tarefas dos satélites geoestacionários, mas são mais baratos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Com ‘conversinha’, hacker obtém acesso a perfil ‘@N’ no Twitter

O perfil “@N” no Twitter, pertencente ao programador Naoki Hiroshima, foi roubado na segunda-feira (27) e teve seu processo de hackeamento descrito na quarta (27) pela própria vítima. O hacker teria explicado a Hiroshima que obteve os quatro últimos dígitos do cartão de crédito do programador em uma ligação telefônica para o PayPal. Em seguida, ele usou essa informação para roubar um domínio registrado no provedor GoDaddy.

O acesso à conta do Twitter foi obtido por meio de extorsão. Hiroshima tinha seu perfil no Facebook registrado em seu domínio. A conta dele, portanto, estava sendo controlada pelo hacker, bem como seu site na internet e todos os dados que estavam chegando ao e-mail pessoal.

O Twitter, porém, estava associado a outro e-mail, o que impediu o hacker de obter a conta prontamente. De acordo com o próprio hacker, que usou o apelido de “Social Media King” (“Rei das Mídias Sociais”, em português), o alvo da operação foi, desde o início, a conta “@N”, pela qual Hiroshima diz já ter recebido ofertas de US$ 50 mil.

O hacker ofereceu “trocar” o acesso à conta do GoDaddy pela conta do Twitter. A troca ocorreu com sucesso.

Antes de realizar a troca, Hiroshima tentou contato com o GoDaddy para obter seu domínio de volta. No entanto, o hacker havia modificado todas as informações da conta, inclusive o nome do titular. O programador, portanto, não podia mais restaurar sua conta porque não era mais o dono dela.

O ataque sofrido por Hiroshima parece fazer parte de uma série de investidas contra contas de Twitter com nomes curtos. Um deles ocorreu contra o jornalista Mat Honan (@mat), em 2012, e usou táticas semelhantes.

Outro programador, Josh Bryant, dono da conta “@jb”, informou que também foi alvo de ataques, usando sua conta na Amazon. Bryant conseguiu recuperar suas contas antes que o hacker finalizasse a mudança de titularidade. 

Nenhuma vulnerabilidade técnica nos serviços foi explorada. A invasão se deu completamente em conversas por telefone com o suporte técnico.

GoDaddy admite ataque, PayPal nega
Em nota, o GoDaddy admitiu que um funcionário da empresa caiu na conversa do hacker e cedeu o controle da conta de Hiroshima. A empresa disse que está trabalhando com parceiros para restabelecer o acesso do programador a outros serviços.

O Twitter disse que está investigando o assunto, mas a conta “@N” ainda não está em nome de Hiroshima. Ele atualmente está usando a conta “@N_is_stolen” (“@N_está_roubada”, em português). Aparentemente, a conta foi registrada por alguém sem envolvimento com o caso e a conta está vazia. “Aparentemente, o Twitter me ignorou”, comentou o programador na rede social.

O PayPal negou que os dígitos do cartão de crédito de Hiroshima foram cedidos para um invasor. Eles confirmaram que a tentativa de invasão ocorreu, mas ela não teria tido sucesso. A negativa da empresa deixa em dúvida como a informação teria sido obtida.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Site calcula quanto tempo usuário passou no Facebook desde 1º acesso

Calculadora mostra quanto tempo usuário passou no Facebook desde 2007. (Foto: Revista Time)Site mostra quanto tempo usuário passou no Facebook desde que entrou na rede (Foto: Revista ‘Time’)

Já pensou em quanto tempo você passa no Facebook? O site da revista americana “Time” publicou nesta segunda-feira (27) um aplicativo que faz esse cálculo desde que o internauta ingressou na rede social de Mark Zuckerberg. (Acesse aqui a calculadora)

No dia 4 de fevereiro, a rede que tem 1,2 bilhão de integrantes no mundo completa dez anos de existência. A “Time” recomenda uma reflexão com sua calculadora: “veja quantos dias de vida foram perdidos nisso [no Facebook] nestes dez anos”.

Para fazer a conta, o aplicativo precisa ter acesso ao perfil do usuário no Facebook. A partir das postagens e da estimativa do tempo de criação do perfil na rede, o sistema calcula, ano a ano, o que chama de ‘tempo gasto’ na rede social, até apresentar a soma final.

Em um teste feito na redação do G1, um usuário ativo passou mais de 26 dias na rede social desde outubro de 2007. “O Facebook tem 3.646 dias de idade. Você participou de 2.286 deles e postou 3.191 coisas em seu feed no período”, conclui o app. A página também oferece a opção ao usuário de ‘se vangloriar’ compartilhando o resultado no próprio Facebook ou no Twitter.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,

Site de buscas russo terá acesso a informações públicas do Facebook

O site de buscas russo Yandex afirmou nesta terça-feira (14) que assinou um acordo com o Facebook para ter acesso a dados públicos de usuários da rede social. A parceria é uma tentativa de melhorar os resultados das pesquisas da ferramenta.

O Yandex supera o Google na Rússia e lidera o mercado com mais de 60% de participação, obtendo receitas a partir de anúncios baseados nos resultados de pesquisas. O cenário de redes sociais no país é dominado por participantes locais, como o Vkontakte, em parte controlado pela em presa de internet Mail.ru, enquanto o Facebook ocupa o quarto lugar na lista de sites mais populares.

Em comunicado divulgado nesta terça, o Yandex afirma que terá total acesso a informações públicas de usuários do Facebook da Rússia, Turquia, Ucrânia, Bielorrússia e Cazaquistão. Além de publicações, os resultados em breve também trarão comentários de outros usuários.

O acordo não envolve dinheiro e é baseado em benefícios mútuos, com o Yandex melhorando a qualidade dos resultados de suas buscas e o Facebook obtendo mais tráfego, disse um porta-voz do site de pesquisa.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,