RSS

Policial fica ferido e suspeito é morto em tiroteio em tribunal nos EUA

Um policial ficou ferido e um suspeito morreu em um tiroteio nesta sexta-feira (6) em frente ao edifício do tribunal do condado de Forsyth, ao norte de Atlanta, Georgia, informou o xerife da região à imprensa.

O gabinete do xerife do condado de Forsyth confirmou à AFP que na manhã desta sexta-feira (6) ocorreu um tiroteio em frente ao tribunal, mas não forneceu maiores detalhes.

O xerife Duane Piper declarou ao canal 2 de Atlanta, Georgia, que um policial foi ferido em uma perna e foi levado a um hospital próximo.

Um suspeito teria morrido, segundo Piper, citado pela rede de televisão.

Uma dúzia de patrulhas da polícia estavam ao redor do edifício, cercado pela forças de segurança, e um esquadrão antiexplosivos também se dirigiu ao local, segundo imagens de canais locais.

Este tiroteio é um novo capítulo em uma série de incidentes violentos similares que atingem periodicamente os Estados Unidos, o último dos quais ocorreu na quinta-feira na universidade Seattle Pacific, no estado de Washington (noroeste), onde um atirador matou uma pessoa e feriu duas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de junho de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Blue Mountain vence batalha legal por canções de Bob Marley

Bob Marley em imagem de 1979. (Foto: AP)Bob Marley em imagem de 1979 (Foto: AP)

A gravadora Blue Mountain é a proprietária dos direitos de 13 canções do jamaicano Bob Marley, entre elas “No woman, no cry”, decidiu nesta quarta-feira (4) um tribunal de Londres, que rejeitou uma ação da Cayman Music.

As duas gravadoras reclamavam os direitos das canções, compostas entre 1973 e 1976, quando Marley trabalhava para ambas. Para complicar ainda mais a disputa, ele não assinou as músicas, mas atribuiu sua autoria a outros.

Assim, o crédito por “No woman, no cry” foi para Vincent Ford, segundo algumas versões para evitar obrigações contratuais ou para garantir que seu amigo de infância tivesse recursos para suas instituições de caridade. Os direitos desta música em particular valem milhões, indicaram as partes durante o julgamento.

As outras canções em disputa são “Crazy Baldhead”, “Johnny Was”, “Natty Dread”, “Positive Vibration”, “Rat Race”, “Rebel Music (Block Road)”, “Talking Blues”, “Them Belly Full”, “Want More”, “War”, “Who The Cap Fit” e “So Jah She”.

Em 1992, onze anos após a morte de Marley, Cayman e Blue Mountain assinaram um acordo para que a segunda gravadora continuasse com o catálogo do cantor. Mas a Cayman argumentava que estas 13 canções não faziam parte do acordo, o que a Blue Mountain ignorou.

O advogado da Blue Mountain, Ian Mill, afirmou que não havia nenhuma razão para deixar de fora algumas músicas e que “a intenção clara” do acordo de 1992 era “a transferência de todos os direitos”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de junho de 2014 em Música

 

Tags: , , , , ,

Empresa dos EUA exige que Netflix pare de culpá-la pela lentidão da rede

A operadora de telefonia norte-americana Verizon exigiu nesta quinta-feira (5) que o Netflix pare imediatamente de enviar mensagens a clientes culpando a operadora pela lentidão no carregamento de vídeos.

Em uma carta enviada ao Netflix, a Verizon também pediu que a empresa forneça uma lista de clientes da rede Verizon para os quais o Neflix enviou as mensagens e outras informações. Caso contrário, entrará com uma ação judicial.

“Se eles não fornecerem essas informações, vamos buscar soluções legais”, afirmou o advogado da Verizon, Randal Milch, na carta ao advogado do Netflix, David Hyman.

Em meados de maio, o Netflix começou a testar o envio de mensagens para a tela de alguns clientes enquanto o vídeo está carregando. O comunicado informa que há um congestionamento da rede da Verizon ou de outras provedoras de Internet.

O Netflix disse nesta quinta-feira (5) que as mensagens têm o objetivo de dar mais informações aos consumidores sobre o serviço, semelhante à publicação do ranking Netflix de velocidade dos provedores de Internet.

“Isso é sobre consumidores não recebendo pelo que pagaram aos servidores de banda larga”, disse o porta-voz do Netflix, Jonathan Friedland. “Estamos tentando dar mais transparência, assim como fazemos com o índice sobre velocidade, e a Verizon está tentando calar a discussão.”

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de junho de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Manuscritos e desenhos de Lennon são leiloados por US$ 2,9 milhões

AppId is over the quota
Desenho de John Lennon que vai a leilão em Nova York no dia 4 de junho (Foto: Divulgação/Sotheby's)Um dos desenhos de John Lennon leiloados em Nova York (Foto: Divulgação/Sotheby’s)

Manuscritos e desenhos originais do ex-Beatle John Lennon, produzidos para dois aclamados livros que ele escreveu em meados dos anos 1960, foram leiloados por US$ 2,9 milhões nesta quarta-feira (4), mais do que o dobro do estimado, informou a casa de leilões Sotheby’s.

Todos os 89 lotes à venda, do livro “In his own write”, de 1964, a “A spaniard in the works”, de 1965, foram arrematados.

O destaque do leilão foi “The singularge experience of Miss Anne Duffield”, o manuscrito de uma paródia de Lennon de Sherlock Holmes presente em “A spaniard in the works”, vendido por US$ 209 mil.

“O resultado extraordinário, a primeira venda de um lote total em 2014 na Sotheby’s de Nova York, mostra que os versos nonsense, os trocadilhos, o humor maldoso e os desenhos cômicos de Lennon continuam a ter impacto 50 anos após a publicação de ‘In his own write’ e ‘A spaniard in the works'”, disse Gabriel Heaton, vice-diretor do departamento de livros e manuscritos da Sotheby’s, em um comunicado.

Entre outros itens de destaque no leilão, pouco mais de meio século depois da primeira aparição dos Beatles nos Estados Unidos no programa Ed Sullivan Show, estavam o manuscrito de “The fat budgie”, vendido por US$ 143 mil, e um desenho a tinta de um guitarrista, arrematado por US$ 137 mil.

Heaton, que descreveu os itens como a coleção mais substancial de trabalhos artísticos e manuscritos originais de Lennon, disse que todos os lotes à venda foram produzidos no auge da Beatlemania.

Lennon foi morto a tiros em Nova York em dezembro de 1980, aos 40 anos de idade. A coleção foi vendida pelo editor britânico de Lennon, Tom Maschler, que o convenceu a escrever os livros.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de junho de 2014 em Música

 

Tags: , , , ,

Veterano britânico foge de asilo na Inglaterra para ir à cerimônia do Dia D

Imagem divulgada pelo asilo Gracewell mostra o veterano Bernard Jordan, veterano da Segunda Guerra Mundial, que fugiu de Hove (Inglaterra) para participar do aniversário do Dia D, na Normandia. (Foto: AP Photo/Gracewell Healthcare/PA)Imagem divulgada pelo asilo Gracewell mostra Bernard Jordan, veterano da Segunda Guerra Mundial, que fugiu de Hove (Inglaterra) para participar do aniversário do Dia D, na Normandia. (Foto: AP Photo/Gracewell Healthcare/PA)

Um veterano britânico da Segunda Guerra Mundial, Bernard Jordan, de 89 anos, fugiu de sua casa de repouso, na Inglaterra, para participar da cerimônia de comemoração do Desembarque na Normandia, indicou a polícia nesta sexta-feira (6).

A residência em que vive o proibiu de viajar à Normandia para participar da cerimônia pelo 70º aniversário do Desembarque aliado nesta região do noroeste da França, mas ele escondeu suas medalhas sob sua capa de chuva, fugiu da residência no sul da Inglaterra e viajou à Normandia, havia indicado o Daily Telegraph.

Após ser informada de que o idoso havia desaparecido, a polícia o procurou na região, em hospitais, ônibus e táxis.

“Os funcionários da residência de idosos de Hove (sul da Inglaterra) nos telefonaram às 19h15 de ontem (quinta-feira) para dizer que um homem de 89 anos que vivia ali havia saído às 10h30 e não havia sido mais visto”, indicou a polícia.

“A residência de idosos recebeu um telefonema de um veterano mais jovem da (cidade próxima de) Brighton às 22h30, que disse que havia se encontrado com o idoso a caminho da França e que ele estava a salvo e bem em um hotel de Ouistreham (Normandia)”, acrescentou.

“Falamos com o veterano, que telefonou para a sua residência hoje (sexta-feira), e nos alegramos pelo fato de estar bem e (porque nos disse) que seus amigos garantirão que retorne a Hove de forma segura nos próximos dois dias, após o fim das celebrações” do Desembarque, declarou o porta-voz policial.

Antigos combatentes, muitos deles com mais de 90 anos, participaram entusiasmados nesta sexta-feira (6) da comemoração pelo 70º aniversário do Desembarque aliado de 1944, apesar de sua idade e do cansaço da viagem à França.

Veteranos da Segunda Guerra Mundial dão as mãos enquanto cantam música durante cerimônia do 70º aniversário do Dia D, nesta sexta-feira (6) (Foto: REUTERS/Leon Neal/Pool)Veteranos da Segunda Guerra Mundial dão as mãos enquanto cantam música durante cerimônia do 70º aniversário do Dia D, nesta sexta-feira (6) (Foto: REUTERS/Leon Neal/Pool)Veteranos da Segunda Guerra Mundial participam de cerimônia do 70º aniversário do Dia D, nesta sexta-feira (6) na Normandia (Foto: AFP Photo/ Thomas Bregardis)Veteranos da Segunda Guerra Mundial participam de cerimônia do 70º aniversário do Dia D, nesta sexta-feira (6) na Normandia (Foto: AFP Photo/ Thomas Bregardis)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de junho de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Google lança serviço na Europa que apaga dados pessoais de buscas

Novo serviço foi criado após decisão do Tribunal Europeu de Justiça (Foto: AP)Novo serviço foi criado após decisão do Tribunal Europeu de Justiça (Foto: AP)

O Google lançou nesta sexta-feira (30) um serviço para permitir que europeus solicitem que seus dados pessoais sejam removidos dos resultados de buscas on-line.

A ferramenta foi criada após o Tribunal Europeu de Justiça, sediado em Bruxelas, na Bélgica, decidir no início deste mês que as pessoas têm o “direito de serem esquecidas”.

Links para dados “irrelevantes” e ultrapassados devem ser apagados a pedido, diz a decisão.

O Google informou que vai avaliar cada pedido e equilibrar “os direitos à privacidade do indivíduo com o direito do público de conhecer e distribuir informações”.

“Ao avaliar o seu pedido, iremos analisar se os resultados incluem informações desatualizadas sobre você, bem como se há um interesse público na informação”, diz o Google no formulário que os requisitantes devem preencher.

Google disse que iria analisar informação sobre “fraudes financeiras, negligência profissional, condenações penais ou conduta pública dos funcionários do governo” ao decidir sobre o pedido.

No início deste mês, a BBC apurou que parte de pedidos feitos àquela época ao Google de pessoas do Reino Unido envolvia criminosos condenados e que cumpriram pena.

Um deles, por exemplo, era um homem condenado por posse de imagens de abuso infantil que queria que links para páginas sobre sua condenação fossem apagados.

Pedidos fraudulentos
O caso original foi levado ao tribunal por um homem espanhol. Ele reclamou que os resultados de buscas do Google que mostravam um aviso de leilão de sua casa por falta de pagamento – uma dívida que depois foi quitada por ele – infringiam seu direito a privacidade.

A decisão do tribunal europeu causou surpresa uma vez que contradiz uma declaração do advogado-geral da União Europeia. No ano passado, ele afirmou que buscadores de internet não eram obrigados a acatar tais solicitações.

Nesta sexta-feira, o Google disse que os cidadãos da União Europeia que solicitarem a remoção de dados privados da ferramenta de busca terão que fornecer os links para o material que desejam remover, seu país de origem e uma razão para seu pedido, ao preencher um formulário on-line.

Os indivíduos também terão que anexar uma identidade válida com foto.

“O Google recebe frequentemente pedidos de remoção fraudulentos de pessoas se passando por outros, tentando prejudicar concorrentes, ou indevidamente buscando suprimir informação legal”, disse a empresa. “Para evitar esse tipo de abuso, é preciso verificar a identidade”.

Menos inovação?
Em uma entrevista concedida ao “Financial Times”, o chefe executivo do Google, Larry Page, disse que a empresa vai cumprir a decisão, mas ressaltou que isso poderia danificar a inovação.

Ele também afirmou que o regulamento daria ânimo a regimes repressivos.

Page disse ainda que se arrependia de não ter “se envolvido mais em um debate real” sobre a privacidade na Europa, e que a empresa agora vai tentar “ser mais europeia”.

Mas, advertiu, “ao regular a internet, acho que não vamos ver o tipo de inovação que temos visto”.

O diretor acrescentou que a decisão iria encorajar “outros governos que não são tão para progressivos como a Europa a fazer coisas ruins”.

Embora a decisão do Tribunal de Justiça da Europa envolva especificamente sites de busca e indique que apenas links – e não a informação em si – possam ser retirados da rede, a imprensa vem relatando um aumento considerável no número de pedidos de remoção após a deliberação da corte.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Canal de Rihanna no YouTube é o 1º a passar de 5 bilhões de visualizações

Rihanna no clipe de 'What now' (Foto: Divulgação)Rihanna no clipe de ‘What now’ (Foto: Divulgação)

O canal da cantora Rihanna no YouTube (acesse aqui) foi o primeiro do popular site de vídeos na web a atingir 5 bilhões de visualizações, de acordo com o site “VidStatsX”, que cmonitora vidualizações de canais do serviço do Google.

O canal de música turco MuYap está na segunda colocação, o canal de conteúdo de games Machinima está na terceira posição e o cantor canadense Justin Bieber fecha a quarta posição. Os três estão com 4,9 bilhões de visualizações e desempatam por conta de alguns milhares de acessos. O canal brasileiro melhor colocado, o “Galinha Pintadinha”, está na 98ª colocação com 1,14 bilhão de acessos.

O site aponta que mais de 100 canais no YouTube já passaram do 1 bilhão de acessos.

Embora o canal de Rihanna tenha 83 vídeos contra 24 mil do Machinima, ela é mais popular por conta de seus vídeos musicais. Mas ela também publica outros conteúdos como um vídeo dela recebendo um prêmio, que é o mais recente em seu canal e que foi ublicado há seis meses. Mas os vídeos musicais são os mais acessados, com a música “Where have you been” sendo assistida mais de 250 mil vezes.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,