RSS

Empresas preveem baixa cobertura de telefonia e internet na Baixada

31 maio

Equipamentos de telefonia e internet são instalados na Arena da Baixada (Foto: Divulgação / Mauricio Mano / Site Oficial do CAP)Equipamentos de telefonia e internet são instalados (Foto: Divulgação / Mauricio Mano / Site Oficial do CAP)

A Arena da Baixada, em Curitiba, deve ter uma cobertura de telefonia e internet móvel de menor qualidade do que outros estádios Copa do Mundo. De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), os torcedores que forem ao estádio deverão enfrentar dificuldades para utilizar os serviços em algumas áreas do estádio, por conta do atraso na conclusão das obras.

Segundo o presidente-executivo do Sinditelebrasil, Eduardo Levy, as cinco operadoras de telefonia habilitadas devem enfrentar os problemas. O problema decorre, segundo ele, do tempo exíguo para a instalação dos equipamentos necessários para garantir os serviços. As operadoras pediram 150 dias de prazo para instalar e testar todo o sistema, o que não foi respeitado, conforme o sindicato. Apesar de a instalação já ter começado, o estádio ainda possui o status de 99% concluído.

“Temos necessidade de uma sala de 200 metros quadrados. Nessa sala, precisamos de um piso elevado aonde vão os computadores, de ar-condicionado para os equipamentos, nós colocamos energia alternativa para suprir qualquer pico, e preenchemos todos os 200 metros com equipamentos das cinco empresas”, explicou Levy. Segundo ele, a tecnologia utilizada será semelhante à de grandes eventos como as Olimpíadas de Londres e o Super Bowl.

O problema, porém, está na distribuição do sinal. Da sala reservada para os equipamentos, que fica no subsolo do estádio, saem 20 quilômetros de rede de fibra ótica que se espalha pelo estádio. Através delas, o projeto previa que fossem colocadas 300 pequenas antenas que captariam o sinal dos celulares das pessoas presentes no estádio. Com menos tempo do que o planejado, as operadoras precisaram priorizar setores específicos do estádio, com maior circulação, como as arquibancadas e as salas de imprensa.

“No caso da Baixada, e também do Itaquerão, só vamos ter cobertura 2G, 3G e 4G onde houver pessoas assistindo ao jogo. No banheiro não vai ter cobertura. Se o cara for um um restaurante, talvez não tenha sinal. Ao sair ou entrar no estádio, talvez não tenha também. Não é tão grave, porque as pessoas vão se deslocar pelas arquibancadas, mas não podemos garantir os outros ponto dos estádios”, detalhou Levy.

WiFi
O problema de cobertura das operadoras pode ser minimizado, segundo o Sinditelebrasil, pelo uso da rede WiFi que será instalada pelo próprio estádio – embora não resolva a falta de sinal para a telefonia. No caso da Arena da Baixada, a empresa contratada para fazer as instalações da rede WiFi é a Lemcon, que promete velocidade de até 200 Mb para a torcida presente no estádio em diversos setores do estádio – como restaurantes e estacionamento, por exemplo.

No banheiro não vai ter cobertura. Se o cara for um um restaurante, talvez não tenha sinal. Ao sair ou entrar no estádio, talvez não tenha também”

De acordo com o Sinditelebrasil, as operadoras tentaram chegar a um acordo com o Atlético-PR, proprietário do estádio, para que pudessem também oferecer redes próprias de WiFi para os clientes, mas não houve acerto. “Alguns estádios, em sua estratégia comercial, têm o interesse de explorar isso comercialmente, ou não”, disse o presidente do sindicato.

Ainda segundo Levy, o objetivo do complemento de rede seria descongestionar o tráfego, uma vez que as conexões 3G disputam espaço com as chamadas de voz – o que não ocorreria pelo WiFi. “Normalmente em áreas de grande concentração, como shoppings, aeroportos e arenas esportivas, as empresas de celulares acrescentam a rede WiFi por conta, para desafogar”, explicou.

O G1 entrou em contato com o Atlético-PR, mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem.

Sinal de telefone deve funcionar apenas nas arquibancadas e Sala de Imprensa da Arena da Baixada (Foto: Divulgação / Mauricio Mano / Site Oficial do CAP)Sinal de telefone deve funcionar apenas nas arquibancadas e na Sala de Imprensa da Arena da Baixada, em Curitiba, segundo o sindicato das operadoras (Foto: Divulgação/Mauricio Mano/Site Oficial do CAP)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: