RSS

Juiz chileno condena 75 ex-policiais por sequestro na ditadura de Pinochet

10 maio

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Um juiz chileno condenou à prisão um grupo de 75 ex-agentes da polícia secreta do ditador Augusto Pinochet envolvidos no sequestro de um dirigente do Movimento de Esquerda Revolucionária (MIR), em 1974, no Chile.

Segundo nota Poder Judiciário divulgada nesta quinta-feira (8), “o juiz Hernán Crisosto condenou a penas de entre 4 e 13 anos de prisão 75 ex-agentes da Direção de Inteligência Nacional (Dina) por sua responsabilidade no sequestro de Jorge Grez Aburto, preso desaparecido desde 23 de maio de 1974”. A sentença é em primeira instância e cabe recurso.

O processo revela que os agentes da temida Dina capturaram Grez – líder e fundador do MIR – e o levaram a um local clandestino de detenção no centro de Santiago, onde o refém foi torturado durante interrogatórios sobre “suas atividades e o paradeiro de seus companheiros políticos”.

Grez Aburto foi visto com vida pela última vez em julho de 1974.

Segundo o processo, o líder do MIR seria um dos alvos da chamada “Operação Colombo”, uma armação midiática organizada pela ditadura para encobrir o desaparecimento de 119 pessoas em 1975, pela qual foram condenados seis destacados ex-agentes da Dina, incluindo o então chefe do organismo, Manuel Contreras.

O regime militar chileno deixou 3.200 mortos e 38 mil detidos e torturados.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: