RSS

John Kerry vai ao Sudão do Sul para exigir aplicação de cessar-fogo

03 maio

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Ministro dos negócios estrangeiros do Sudão do Sul, Barnabé Mariano Benjamin, cumprimenta John Kerry após a sua chegada a bordo de um avião militar dos EUA no Aeroporto Internacional de Juba nesta sexta (2) (Foto: Saul Loeb/ AFP)Ministro dos negócios estrangeiros do Sudão do Sul, Barnabé Mariano Benjamin, cumprimenta John Kerry após a sua chegada a bordo de um avião militar dos EUA no Aeroporto Internacional de Juba nesta sexta (2) (Foto: Saul Loeb/ AFP)

O secretário americano de Estado, John Kerry, chegou nesta sexta-feira (2) ao Sudão do Sul para exigir a aplicação de um cessar-fogo no conflito que atinge há quatro meses o país, também ameaçado pela fome, observou um jornalista da AFP.

‘O secretário Kerry repetirá a obrigação de respeitar o acordo de cessar-fogo e de parar imediatamente com os ataques contra os civis para todas as partes’, declarou uma porta-voz do departamento de Estado, Jen Psaki, em um comunicado.

Também pedirá aos combatentes que ‘cooperem totalmente com as Nações Unidas e as organizações humanitárias para proteger os civis e entregar ajuda vital à população do Sudão do Sul’, acrescentou Psaki.

Um cessar-fogo assinado em janeiro não deu resultados.

Em um contexto de risco de fome e temores de genocídio, os dois grupos presentes, as forças governamentais do presidente Salva Kiir e os rebeldes de seu ex-vice-presidente Riek Machar, foram acusados de múltiplos crimes, como massacres étnicos, estupros ou recrutamento de crianças-soldado.

Kerry, que se reunirá com o presidente Kiir, também conversará com os chefes das forças de manutenção de paz da ONU e com líderes da sociedade civil e chefes comunitários.

Um milhão de sul-sudaneses fugiram de seus lares desde o início da guerra. Dezenas de milhares de refugiaram nas bases da ONU em todo o país.

Na véspera desta visita a Juba, capital mais jovem do planeta, Kerry alertou para os riscos de genocídio e de fome no país, e ameaçou os líderes de ambos os grupos com sanções.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: