RSS

Libertines anuncia volta da formação original para show no dia 5 de julho

30 abr

Carl Barât e Pete Doherty: relação conflituosa entre os dois marcou fim da banda (Foto: Divulgação)Carl Barât e Pete Doherty  na capa do disco ‘The
Libertines’ (Foto: Divulgação)

A polêmica banda inglesa The Libertines anunciou nesta sexta-feira (25) que sua formação original vai se reunir em julho para fazer o show de encerramento do festival British Summer Time.

Em comunicado divulgado em seu perfil oficial no Facebook, o grupo dos amigos Pete Doherty e Carl Barât afirmou: “É oficial… O bom navio Albion está se preparando para zarpar mais cedo do que vocês pensavam. Nós vamos ser a atração principal do BST Hyde Park, em 5 de julho, [e teremos] como convidados especiais Pogues, Spiritualized, Maximo Park, The Enemy e um monte de outras grandes bandas”.

O texto informa ainda que os moradores da capital da Inglaterra devem se preparar para o evento de “um verão sangrento”. “Os ingressos estarão à venda em 2 de maio, mas vocês podem garantir a compra antecipada a partir de segunda-feira [dia 28]. Caras – isso está acontecendo”, finaliza a nota.

Em recente entrevista para o jornal “Ynet”, de Israel, Doherty contou que está precisando de dinheiro e que sente saudades do Libertines. O site Pitchfork traduziu um trecho. “Não muito tempo atrás, ouvi Libertines no YouTube e tive uma explosão de nostalgia (…), e depois eles me disseram quanto vão nos pagar [pelo show], e não posso mentir para você, eu não poderia dizer ‘não’, ao menos no meu atual momento”, admtiu o músico.

Em seguida, fala que “descobriu” ter uma filha pequena. “Recentemente, fui convocado pelo tribunal de direito da família depois de uma jovem que conhecia ter me dito que eu era pai da bebê dela. Tenho uma uma filha de um ano e meio de idade e preciso pagar bastante dinheiro de pensão alimentícia, estou em dívida. É muito complicado, para mim, dizer ‘não’ neste momento, tenho problemas financeiros.”

A última vez em que o Libertines reuniu os quatro membros originais para tocar ao vivo aconteceu em 2010, nos festivais de Reading e Leeds. Na época, o jornal “The Guardian” informou que o cachê foi de 1,5 milhão de libras (cerca de R$ 5,6 milhões) pelas apresentações.

O Libertines foi fundado por Barat e Doherty em Londres em 1997, e começou a ser celebrado pela imprensa britânica em 2002, após uma série de shows com grupos como Strokes e Vines. Seu primeiro single foi produzido por Bernard Butler (do Suede). O cultuado álbum de estreia, “Up the bracket”, ficou nas mãos de Mick Jones (ex-The Clash).

Apesar da atenção da mídia britânica e dos fãs de rock alternativo, o grupo não teve uma carreira muito longa. Usuário de drogas pesadas, Doherty chegou a invadir o apartamento de Barat enquanto ele estava viajando. O segundo álbum da banda, chamado “The Libertines” (2004), foi gravado, com Doherty entrando e fugindo da reabilitação.

O grupo acabou no final daquele daquele ano, depois de uma série de shows, inclusive no Brasil, já sem o vocalista e guitarrista.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: