RSS

Ministro diz que avião malaio emitiu sinal final antes de desaparecer

26 mar

Dados de satélite que confirmaram que um avião da Malásia desaparecido há mais de duas semanas caiu no Oceano Índico incluem um sinal eletrônico final que ainda está sendo investigado, disse o ministro interino do Transporte da Malásia, Hishammuddin Hussein, nesta terça-feira (25).

“Há evidência de uma comunicação parcial entre a aeronave e uma estação em terra à 0h19 (GMT, 8h19 de 8 de março em Kuala Lampur)”, disse Hishammuddin em entrevista coletiva. “Nesse horário, essa transmissão não é compreendida e está sujeita a mais trabalhos que estão em andamento.”

O voo MH370 saiu de Kuala Lumpur com 239 pessoas a bordo rumo a Pequim na madrugada do dia 8 de março (à 0h41 locais) e desapareceu dos radares civis da Malásia cerca de 40 minutos depois da decolagem.

O primeiro-ministro malaio, Najib Razak, disse que análise de dados de um satélite da empresa britânica Inmarsat revelou que o voo MH370, da Malaysia Airlines, que desapareceu enquanto ia de Kuala Lumpur a Pequim no dia 8 de março, caiu distante de sua rota no sul do Oceano Índico.

vale este mapa malásia MH370 atualiza 24/3 (Foto: Arte G1)

Análises preliminares dos dados do satélite foram capazes apenas de colocar a posição final da aeronave em um dos dois vastos arcos que vão do Mar Cáspio até o sul do Oceano Índico.

Também nesta terça, as autoridades da Malásia descartaram que sejam encontrados sobreviventes da tragédia do avião da Malaysia Airlines.

“Após 17 dias e baseados nas evidências, temos que aceitar a dolorosa realidade da perda do voo MH370 e que não há sobreviventes”, afirmou Nor Yusof, diretor da companhia aérea, em entrevista coletiva em Kuala Lumpur.

Ahmad Jauhari Yahya, executivo-chefe da Malaysia Airlines, reafirmou que as “evidências” indicam que o avião desaparecido caiu no sul do Oceano Índico, mas ainda não foi confirmada a identificação dos destroços da aeronave.

“Este foi um evento sem precedentes, seguido de uma resposta sem precedentes. Continuaremos as buscas e as investigações até encontrar o avião”, disse o diretor, ao reforçar “o grande desafio” que representa recuperar os destroços da aeronave que supostamente caiu em uma área remota do Oceano Índico.

Nesta terça-feira, as autoridades australianas que coordenam as buscas no vetor sul suspenderam a operação devido ao mau tempo no local onde são feitos os trabalhos, a cerca de 2,5 mil quilômetros ao sudoeste da cidade australiana de Perth.

Agência de notícias estatal da China divulgou foto mostrando 'objetos suspeitos' no Oceano Índico (Foto: Huang Shubo/Xinhua/Reuters)Agência de notícias estatal da China divulgou foto mostrando ‘objetos suspeitos’ no Oceano Índico (Foto: Huang Shubo/Xinhua/Reuters)

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: