RSS

Em Seul, ativistas protestam contra caça predatória de golfinhos no Japão

21 mar

Ativista protesta em meio a bonecos de golfinho de plástico que foram pintados com tinta vermelha, representando sangue derramado pelos animais, vítimas da pesca predatória no Japão (Foto: Jung Yeon-Je)Ativista protesta em meio a bonecos de golfinho de
plástico que foram pintados com tinta vermelha,
representando o sangue dos animais, vítimas da pesca
predatória no Japão (Foto: Jung Yeon-Je/AFP)

Ativistas da Coreia do Sul usaram golfinhos de plástico pintados com tinta vermelha em protesto realizado nesta quinta-feira (20) contra a caça desses animais no Japão, prática criticada por vários governos, mas que é defendida no país.

Os manifestantes deitaram no chão do centro de Seul, capital sul-coreana, pedindo que aquários do país parem de importar golfinhos do Japão, onde os mamíferos seriam capturados de forma cruel.

Recentemente, o governo japonês defendeu a pesca anual de golfinhos realizada no vilarejo de Taiji, após críticas de ambientalistas e da embaixadora americana no país asiático, Caroline Kennedy, à prática, que consiste na captura e morte de exemplares desses mamíferos para comercialização de sua carne.

A pesca de golfinhos em Taiji é alvo de críticas há anos e já foi tema do documentário  “The cove” (A enseada, na tradução do inglês), produzido em 2009 e que ganhou o Oscar em 2010.

Os pescadores afirmam que a prática é parte de sua tradição e chamam os críticos estrangeiros de hipócritas, alegando que eles consomem outros tipos de carne.

Recentemente, o governo japonês defendeu a pesca anual de golfinhos realizada no vilarejo de Taiji, após críticas de ambientalistas e da embaixadora americana no país asiático, Caroline Kennedy, à prática, que consiste na captura e morte de exemplares desses mamíferos para comercialização de sua carne (Foto: Jung Yeon-Je/AFP)Recentemente, o governo japonês defendeu a pesca anual de golfinhos realizada no vilarejo de Taiji, após críticas de ambientalistas e da embaixadora americana no país asiático, Caroline Kennedy, à prática, que consiste na captura e morte de exemplares desses mamíferos para comercialização de sua carne (Foto: Jung Yeon-Je/AFP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: