RSS

Premiê japonês defende a pesca de golfinhos

28 jan

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe defendeu neste sábado (25) a pesca de golfinhos pedindo que o mundo compreenda que esta controvertida tradição faz parte da cultura de seu país e ajuda economicamente as comunidades pesqueiras.

A pesca anual da aldeia de Taiji (oeste) provocou reações indignadas, principalmente da embaixadora dos Estados Unidos no Japão, Caroline Kennedy, que denunciou no Twitter “a falta de humanidade” desta prática.

No entanto, Abe defendeu a tradição japonesa e uma entrevista à CNN.

Imagem divulgada pela Reuters mostra pescadores capturando golfinhos no vilarejo de Taiji, no Japão. Governo se posicionou favorável à prática, considerada tradicional (Foto: Adrian Mylne/Reuters)Imagem divulgada pela Reuters mostra pescadores capturando golfinhos no vilarejo de Taiji, no Japão. Governo se posicionou favorável à prática, considerada tradicional (Foto: Adrian Mylne/Reuters)

Os caçadores deste pequeno porto atraem os golfinhos pasra uma baía, matam alguns para vender sua carne e vendem outros para parques aquáticos.

Segundo Melissa Sehgal, chefe dos guardiões da baía de Taiji, braço da ONG americana Sea Sepherd, “mais de 600 golfinhos dos 1.200 que foram pescados na baía foram mortos desde 1º de setembro”.

Dezenas de ativistas, a maioria japoneses, se reuniram esta semana em frente à Agência de Pesca, com cartazes e fotos, pedindo ao governo que proíba a caça destes animais.

“A maior parte do povo japonês não sabe nada sobre a pesca de golfinhos”, disse Noriko Ikeda, que organizou a marcha e um membro da Ação por Mamíferos Marinhos.

“O governo argumenta que a prática faz parte da tradição e da cultura alimentar japonesa”, acrescentou.

“Mas a realidade é que é extremamente raro encontrar japoneses que queiram comer golfinhos. O problema na verdade é que a caça é motivada pela demanda dos aquários por golfinhos vivos que participam de shows”, continuou.

A embaixadora americana Caroline Kennedy tuitou sua preocupação a respeito da questão.

“Profundamente preocupada com a desumanidade da pesca de golfinhos por ‘drive hunt’. O governo americano se opõem a pescas por ‘drive hunt'”, destacou no post, em alusão à prática de pesca em que os golfinhos são conduzidos e encurralados para uma área onde são mortos.

Ativistas do Sea Shepherd divulgaram vídeos ao vivo da captura de golfinhos em Taiji, uma prática que chamou a atenção do mundo em 2010, ao se tornar tema de um premiado documentário, intitulado “A Enseada” (The Cove).

Defensores da pesca alegam que ela é uma tradição e afirmam que os animais visados não estão ameaçados de extinção, uma versão repetida pelo governo japonês.

Eles afirmam que as objeções ocidentais são hipócritas e ignoram o número imensamente maior de bovinos, suínos e ovinos que são sacrificados para satisfazer a demanda em outros países.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: