RSS

Caminhões e distribuição de sal são usados para derreter gelo em NY

04 jan

Neve se acumula na Times Square; governadores de Nova York e Nova Jersey declararam estado de emergência (Foto: Carlo Allegri/Reuters)Caminhões e pontos de distruibuição de sal são 
acionados para derreter gelo em NY
(Foto: Carlo Allegri/Reuters)

Intensas nevascas, fortes ventos e um frio glacial afetavam nesta sexta-feira (3) o nordeste dos Estados Unidos, onde a primeira grande tempestade de inverno do ano prejudicava os voos em vários estados e cidades importantes.

Em Nova York, a meteorologia prevê mais de 20 centímetros de neve e ventos gelados superiores a 50 km/h, com temperaturas de até 12 graus negativos, com sensação térmica de até -23°C. As autoridades pediram aos moradores que permaneçam em casa para que possam realizar as tarefas de acondicionamento urbano e 450 pontos de distribuição de sal foram acionados para derreter o gelo durante a madrugada.

Ouotrs 1.700 caminhões foram mobilizados para limpar a neve das ruas de Nova York.

Em todo o país, na quinta-feira, 2.200 pousos e decolagens foram cancelados. O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) emitiu alertas de fortes tempestades de inverno em uma grande área do país, que vai de Chicago a Nova York, passando por toda a Nova Inglaterra e inclui a capital Washington.

O frio intenso também afeta o meio-oeste do país, com nevascas e cancelamento de voos no aeroporto internacional O’Hare de Chicago. Mas o comissário de Saúde Pública, John Doherty, recordou que a tarefa de limpar as ruas é difícil e pediu paciência.

A nevasca em Nova York é o primeiro teste do novo prefeito da cidade, Bill de Blasio, que tomou posse na quarta-feira. “Estamos focados como um laser, estamos prontos”, afirmou na quinta-feira o novo prefeito. Ele recomendou que os moradores não saiam de suas residências.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, declarou estado de emergência e solicitou que a população utilize o transporte público.

 No estado vizinho de Nova Jersey, o governador Chris Christie também decretou emergência.

O governador de Connecticut, Dannel Malloy, pediu para que os funcionários do estado encerrassem o expediente mais cedo na quinta-feira para evitar congestionamentos durante a passagem da tempestade.

As autoridades também advertiram para o risco de congelamento ou hipotermia em consequência do frio intenso.

Em Boston, onde a temperatura deve cair nesta sexta-feira a 21 graus negativos, as escolas e prédios públicos permanecerão fechados.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: