RSS

EUA impõem sanções contra Ruanda por apoiar recrutamento de crianças

04 out

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (3) sanções contra Ruanda pelo caso de recrutamento de crianças como soldados ligados à rebelião do movimento M23 na República Democrática do Congo (RDC), que Kigali teria apoiado.

“Anunciamos uma lei relativa à proteção das crianças-soldados. Vários países, incluindo Ruanda, estão sujeitos a sanções nos termos desta lei”, disse a nova secretária adjunta de Estado para a África, Linda Thomas-Greenfield, em uma conversa com jornalistas pela internet.

A responsável máxima do Departamento de Estado para o continente africano não informou quando a lei foi aprovada e quais são as sanções previstas contra Kigali.

“Nosso objetivo é trabalhar com os países em causa para assegurar o fim de todo envolvimento nesses atos de crianças-soldados e no recrutamento de crianças como soldados. Esta questão está ligada ao M23 e continuaremos conversando com o governo de Ruanda”, disse Thomas-Greenfield.

Os rebeldes do M23 estão ativos no leste da RDC. O grupo é composto principalmente por ex-rebeldes tutsis congoleses que ingressaram no exército da RDC, quando assinado o acordo de paz em 2009.

Rebelaram-se em abril de 2012, alegando que o acordo não foi respeitado.

A ONU acusa Ruanda e Uganda de apoiar o M23, o que é negado pelos dois países.

As negociações de paz avançam na capital de Uganda, Kampala.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: