RSS

Águia-real ataca veado em floresta no leste da Rússia; veja foto

23 set

Imagem mostra a águia-real sobre o veado (Foto: Linda Kerley, Zoological Society of London (ZSL)/Divulgação)Imagem mostra a águia-real sobre o veado (Foto: Linda Kerley, Zoological Society of London (ZSL)/Divulgação)

Uma câmera automática instalada para gravar tigres raros numa floresta do leste da Rússia conseguiu um feito inesperado: flagrou um ataque de uma águia-real a um veado, que foi encontrado morto duas semanas depois no local.

“Vi a carcaça do veado quando estava indo até a armadilha fotográfica para trocar os cartões de memória e trocar baterias, mas percebi que havia algo de errado. Não havia rastros de grandes carnívoros na neve, e parecia que ele tinha corrido, e simplesmente parado e morrido. Só depois, quando chequei as imagens da câmera, juntei as coisas. Não conseguia acreditar no que estava vendo”, contou Linda Kerley, autora da pesquisa que publicou um artigo no periódico “Journal of Raptor Research” sobre o acontecimento. “Tenho estudado as causas de mortes de veados a Rússia há 18 anos e nunca vi nada como isso”, acrescentou. Há relatos, no entanto, de ataques ousados de águias-reais ao mais diversos tipos de animais, como coelhos, veados, e até um filhote de urso.

Detalhe do ataque da águia-real (Foto: Linda Kerley, Zoological Society of London (ZSL)/Divulgação)Detalhe do ataque da águia-real (Foto: Linda Kerley, Zoological Society of London (ZSL)/Divulgação)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: