RSS

‘Meu irmão era uma pessoa limpa’, diz irmã em relação as drogas

13 set

Eliana e Daniela, irmãs de Champignon, falam com jornalistas na chegada ao Cemitério Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, onde ocorre o velório (Foto: AGNews)Eliana e Daniela, irmãs de Champignon
(Foto: AGNews)

As irmãs do músico Champignon, Elaine Duarte e Danielle Coelho, desceram do velório na manhã desta terça-feira (10), que acontece em Santos, no litoral de São Paulo, para conversar com a imprensa sobre a morte do irmão. Elas afirmaram que Champignon não usava drogas e que estava depressivo.

As irmãs disseram que conversaram com Cláudia, a esposa de Champignon, para saber o que aconteceu na noite da morte do irmão. Segundo as irmãs, Claudia contou tudo o que aconteceu para elas, mas apenas a esposa de Champignon irá dar entrevista sobre este assunto. “A Claudia não está legal para dar entrevista, ela está se preservando, está preferindo ficar no canto dela”, afirma Eliane.

Questionadas sobre o uso de drogas, as irmãs afirmaram que Champignon não se envolveu nisso como Chorão. “Ele não usava drogas, o exame de toxicologia vai mostrar isso, meu irmão era uma pessoa limpa”, diz Eliane. As irmãs afirmaram mais uma vez que Champignon estava triste e depressivo, e que isso teria sido a causa da sua morte.

Arte Champignon vale esse (Foto: Editoria de Arte/G1)

Trajetória
Champignon tinha 35 anos e nasceu em Santos, litoral paulista. O músico lançou vários discos com a banda Charlie Brown Jr, que deixou em 2005, após brigas com o vocalista Alexandre Magno Abrão, o Chorão.

Nessa época, participou de outros projetos, como o grupo Nove Mil Anjos, que tinha Junior Lima (irmão de Sandy) na bateria.

Em 2011, Champignon retornou ao Charlie Brown Jr. fazendo com que a banda voltasse a contar com a presença dos quatro integrantes da formação original de 1992: Marcão, Champignon, Chorão e Thiago Castanho, além do baterista Bruno Graveto, que passou a integrar o grupo em 2008.

Após a morte de Chorão, em 6 de março deste ano, os membros do Charlie Brown lançaram a banda ‘A Banca’, que tinha Champignon como vocalista.

A próxima apresentação do grupo seria no dia 21 de setembro em Recife, Pernambuco, com a turnê “Chorão Eterno”, show que homenageava além de Chorão, toda a trajetória da banda Charlie Brown Jr.

Duas perdas no mesmo ano
Em 2013, Champignon perdeu dois companheiros de banda entre março e maio: o parceiro Chorão e o guitarrista Peu Sousa, ex-colega de Nove Mil Anjos, encontrado morto em maio em sua casa, no bairro de Itapuã, em Salvador.

Chorão morreu por overdose de cocaína, enquanto a morte de Peu foi provocada por suicídio, segundo informou na época a Polícia Civil da Bahia.

Ao G1, Champignon falou sobre as mortes no dia 6 de maio. “Os dois perderam a fé. Quando perdem a fé, perdem a vontade de viver. Foi mais um dia muito triste”, disse o baixista. “Eu acho que as pessoas, em algum momento da vida, perdem a fé. Independentemente se morrem por droga, ou enforcadas. Se perdem a vida sem culpa de ninguém, acredito que em algum momento perderam a fé”, acrescentou.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: