RSS

Em Londres 2012, uso de Twitter e mobilidade complicam vida da BBC

17 out

Milhares de tweets e SMS de fãs durante provas de ciclismo de rua sobrecarregaram a rede móvel e criaram problemas para transmissão de dados para redes de TV

Os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres estão consagrados como os “jogos da mídia social” e da mobilidade. Centenas de milhares de fãs enviam mensagens, fotos e vídeos com seus smartphones. O Comitê Olímpico Internacional (COI) criou um hub oficial de Twitter para seguir os jogos e os atletas. Sites e aplicativos foram preparados por redes de TV e mídia especializada para transmitir notícias, alertas, jogos e provas ao vivo. Mas quando tudo isso acontece ao mesmo tempo, está criado um mega “#fail”.

No sábado (27/07) nas provas de ciclismo de rua masculino e feminino, comentaristas da BBC eram incapazes de narrar o avanço dos atletas durante a prova. A culpa, segundo a BBC, foi do Olympic Broadcasting Service (OBS), que não conseguia enviar pela rede os dados coletados por pequenos GPS instalados em cada bicicleta para indicar a posição do ciclista ao longo do caminho. “No escuro”, o comentarista Chris Boardman, da BBC, apelou para seu próprio cronômetro para estimar os tempos, disse a BBC ao jornal The Guardian.

No meio da confusão e das reclamações de espectadores irados, o diretor de comunicações do COI, Mark Adams, argumentava que a rede de uma das operadoras estaria sobrecarregada pelo excesso de mensagens de texto e updates de tweets enviados ao vivo durante a prova.

fas na rua ciclismo“Não queremos impedir as pessoas de se engajarem nas redes sociais, mas talvez elas possam pensar em enviar menos mensagens. Claro que não vamos dizer ou impedir alguém de mandar uma mensagem, mas se a mensagem não é urgente, bem urgente, por favor, peguem leve”, disse Adams em entrevista aos jornais e redes de notícias. Ironicamente, por conta da irritação de não conseguir saber nada da corrida pela TV, mais e mais tweets eram disparados pelos fãs para reclamar do problema.

O provedor oficial de serviços comunicação dos Jogos Olímpicos de 2012, BT, disse à Reuters que não viu problemas na rede. A mesma argumentação foi usada pela Vodafone e pela O2 (esta subcontratada pela BT para prover rede móvel de dados para a Vila Olímpica). Segundo a BT, a rede de dados montada para Londres 2012 tem quatro vezes a capacidade dos jogos de 2008 na China e a empresa estendeu cabos de fibra óptica suficientes para ligar Londres a Nova Iorque.

A prova dos nove virá em breve. Outros eventos dos Jogos Olímpicos deverão tomar as ruas de Londres, incluindo o triatlo e a maratona masculina e feminina.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: