RSS

Google+ parece estar prestes a ganhar publicidade social

04 jul

Anúncio de vaga de emprego sugere que a gigante está se preparando para fornecer anúncios B2B baseadas nas atividades do Google+

É possível que, em breve, o Google traga um modelo business-to-business (B2B) de “publicidade social” para a sua rede social Google+. Ao menos é o que sugere a divulgação recente de uma vaga de emprego na empresa, específica para gerente de marketing de produtos para a área de publicidade e marketing social.

Atualmente o Google+ não inclui qualquer tipo de anúncios na rede e oferece publicidade personalizada para os usuários em suas propriedades. Publicidades sociais, entretanto, geralmente refere-se a anúncios que são voltados aos usuários, baseados em suas atividades na rede.

A Google aparentemente, em um primeiro momento, irá introduzir uma ferramenta B2B de “recursos sociais para o mundo corporativo”, de acordo com o anúncio. A vaga ainda informa que o gerente de marketing irá ajudar a determinar como o Google irá falar sobre publicidade no lançamento, com foco em “recursos básicos”, “anúncios sociais” e “análises e plataformas”.

A CEO global de marketing digital da Performics, Daina Middleton, disse que mesmo empresas B2B estão lutando contra seu modelo de vendas convencional e estão cada vez mais se tornando uma “ferramenta social”.

Não está exatamente claro como anúncios sociais B2B funcionarão, e a Google não se pronunciou imediatamente sobre o assunto. Mas informantes de dentro das indústrias sugerem que essa tática será parecida com a de marketing business-to-consumer (da empresa para o consumidor, em tradução livre). A diretora criativa da MLT Creative, Martine Hunter, sugere que talvez consista em ter pessoas que fazem aquisições profissionalmente para dar um “+1” a marcas em particular, no Google+, para recomendá-las.

O analista principal da Sterling Market Intelligence e blogger do Search Engine Land, Greg Sterling, sugere que esses anúncios provavelmente se parecerão muito com os anúncios direcionados aos usuários que o Facebook promove. Segundo ele, por exemplo, eles podem destacar marcas que tiveram certo número de seguidores. Mas teria como alvo usuários que compram, efetivamente.

Não está claro ainda se esses anúncios sociais irão servir exclusivamente para usuários do Google+ ou se também poderão ser vistos em outros serviços do Google, ou até mesmo pela Web. A gigante das buscas descreveu sua rede social como a “vértebra” para todos os seus produtos – diferente do concorrente, o Facebook, que é considerada como apenas uma página de destino.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: