RSS

Uma análise do cloud computing

29 jun

Por Paulo Sartori

Muitos são os questionamentos sobre segurança em Cloud Computing. Temos de fazer uma análise mais aprofundada. O serviço não é mais algo novo, já que é uma realidade entre as empresas e veio para ficar. A Nuvem é utilizada, inclusive, por vários usuários de Internet que, em muitos casos, nem sabem que a estão usando.

Um estudo da empresa de pesquisas de mercado The NDP Group mostrou que apenas 22% dos consumidores norte-americanos estão familiarizados com o termo Cloud Computing. Usuários de Google, Gmail, ITunes e Facebook em qualquer país do mundo, por exemplo, podem não saber, mas utilizam o Cloud Computing para armazenamento e compartilhamento de seus dados.

Também precisamos entender que o Cloud Computing não está aumentando os riscos à segurança dos dados das pessoas e das empresas. Está, sim, modificando a maneira dos dados serem trabalhados, permitindo inúmeros benefícios aos usuários, como redução do custo de processamento e armazenamento de dados e a maior rapidez no acesso e compartilhamento dessas informações.

Ao falarmos sobre segurança da informação em cloud, temos de saber diferenciar o Cloud Computing público do privado, assim como o tratamento que cada empresa precisa assegurar em relação às informações que serão armazenadas na Nuvem. No Cloud privado, os níveis de segurança podem ser facilmente adequados às práticas e às necessidades de cada companhia, correspondendo a responsabilidade de zelar por esse ambiente.

Já no Cloud público, a política de segurança depende dos procedimentos e dos processos adotados pelo provedor, bem como dos equipamentos e sistemas específicos utilizados para esse fim. Normalmente, os diversos usuários compartilham de algumas funcionalidades de segurança predefinidas, além de um ou mais aplicativos ao mesmo tempo.

Ainda existe a modalidade de Cloud híbrido, que permite a ligação de recursos de origens privadas e públicas, visando a movimentação de cargas de trabalho entre elas para atender a picos de utilização. Nesse caso, a principal indicação é buscar provedores que sigam rigorosas práticas de segurança, o que pode ser verificado por meio de certificados que o provedor possui nessa área.

Por isso, avaliar a real necessidade da empresa e buscar o provedor mais adequado são questões extremamente importantes quando houver interesse na utilização de serviços de Cloud Computing. Os contratos devem constar o nível de comprometimento e atendimento aos requisitos de segurança, tanto para os aplicativos como para os equipamentos, além dos tradicionais Acordos de Nível de Serviço (SLA).

O Cloud Computing, devido à sua arquitetura, constitui-se em um dos recursos mais seguros de TI. Conta com camadas de segurança que vão além dos conhecidos firewalls, como, por exemplo, o Hypervisor, responsável por fornecer recursos de máquina física para as virtuais e segurança física, além de sofisticados sistemas de segurança cibernética que vários provedores de serviços em nuvem já agregam aos serviços.

Profissionais da área de TI, cada vez mais atuando como um Broker interno, vem identificando diariamente a necessidade de um maior poder e agilidade na computação e na gestão operacional por parte de outros setores das empresas. É isso que tem favorecido o ritmo acelerado para a migração corporativa para o Cloud.

Estudo apresentado pelo Gartner, instituto de pesquisa, sinaliza essa tendência ao mostrar que quase um terço das organizações entrevistadas disse que já usa ou tem a intenção de usar ofertas de software-as-a-service (SaaS) em Cloud para aumentarem a capacidade e a produtividade de suas atividades em Business Intelligence (BI).

O Cloud, portanto, deve ser escolhido não somente pela redução de custos, mas principalmente pela velocidade e flexibilidade das empresas no processo de inovação e criação de novos produtos e serviços com o auxílio de TI. O resultado final é que, a passos largos, o Cloud Computing está quebrando barreiras e aumentando a aceitação no mercado em todos os seus segmentos.

*Paulo Sartori é gerente de Produto e Marketing da Terremark no Brasil

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: