RSS

Telecom atraiu US$ 6,6 bi de capital externo para Brasil em 2011

05 mar

AppId is over the quota
Esse volume de investimento é dez vezes maior que os US$ 656 milhões que entraram no País em 2010, segundo dados do Banco Central.

13 de fevereiro de 2012 – 18h36

O setor de telecomunicações foi um dos principais responsáveis pelo recorde histórico de ingressos estrangeiros no País em 2011, passando de 659 milhões, registrados em 2010, para 6,6 bilhões de dólares, em 2011. Segundo dados do Banco Central, esse valor representou 35,5% do crescimento total da entrada de capital externo direto no ano passado, que foi de 16,9 bilhões de reais em 2011.

“O resultado altamente positivo consolida a confiança dos investidores externos na economia brasileira e no enorme potencial do nosso mercado doméstico para serviços de banda larga e TV por assinatura”, disse o ministro das Comunicações (MiniCom), Paulo Bernardo, durante o evento Campus Party, em São Paulo.

Segundo Paulo Bernardo, a penetração de serviços de internet ainda é baixa no Brasil, alcançando cerca de 30% dos domicílios, bem como da TV por assinatura, hoje presente em aproximadamente 21% dos lares no país.

Em números absolutos, 2011 registrou o maior valor nominal anual investido em Telecom desde 2001, quando o investimento externo do setor Brasil foi de 4,1 bilhões dólares.

O MiniCom espera que os novos projetos do segmento atraiam novos investidores como é o caso Programa Nacional de Banda Larga, que tem, entre suas metas, a expansão de redes e o estímulo aos investimentos.

Está em fase final para publicação a medida provisória do Regime Especial de Tributação para Investimentos no PNBL, que prevê desoneração tributária para a cadeia produtiva de equipamentos e componentes de rede de telecom; bens com tecnologia nacional (portaria MCT nº 950/06) e obras civis de implantação de redes de telecomunicações. O ministro espera que essa medida gere um aumente de 20 bilhões de dólares em investimentos no setor, nos próximos 4 anos.

O ministro das Comunicações destacou ainda que até o maio deste ano estarão sendo licitadas as faixas 2,5GHz (4G), decisivas para garantir a infraestrutura aos grandes eventos esportivos previstos para acontecer no Brasil, como a Copa 2014 e Olimpíadas e Paraolimpíadas, em 2016.

*Com informações da Agência MiniCom

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: